trending Market Intelligence /marketintelligence/en/news-insights/trending/pwaepd5xo_gt7p0tb66wog2 content
BY CONTINUING TO USE THIS SITE, YOU ARE AGREEING TO OUR USE OF COOKIES. REVIEW OUR
PRIVACY & COOKIE NOTICE
Log in to other products

Login to Market Intelligence Platform

 /


Looking for more?

Contact Us

Request a Demo

You're one step closer to unlocking our suite of comprehensive and robust tools.

Fill out the form so we can connect you to the right person.

  • First Name*
  • Last Name*
  • Business Email *
  • Phone *
  • Company Name *
  • City *

* Required

In this list

Colombianos rejeitam acordo de paz com as FARC; MAPFRE Chile nomeia novo CEO

The Essential Conference 2019 Highlight Reel

Municipal-Run Fiber Tops 280000 Subscribers In 2018

Mobile Payment Apps Driving Fintech Frenzy In India

Street Talk Episode 42: Banks losing consumer deposits to fintech, digital platforms, commercial might be next


Colombianos rejeitam acordo de paz com as FARC; MAPFRE Chile nomeia novo CEO

* A proposta da Colômbia que visa pôr fim a mais de cinco décadas de conflito armado com os rebeldes das FARC falhou, após 50,25% dos colombianos votarem contra o acordo de paz proposto, informou o The Washington Post. Após seis anos de negociações, a expectativa era de que a votação tivesse uma proporção de 2 para 1 a favor do fim do conflito.

* A diretoria da seguradora espanhola MAPFRE SA nomeou Miguel Barcia Gozalbo como novo CEO da MAPFRE Chile, substituindo Rodrigo Campero Peters, que se aposentará no final de 2016. Barcia Gozalbo, que é atualmente CEO da MAPFRE Uruguay SA, assumirá o novo cargo no Chile em 1º de janeiro de 2017.

MÉXICO E AMÉRICA CENTRAL

* A Evercore Partners Inc. finalizou a transferência do controle da Evercore Mexico Capital Partners para a Glisco Partners Inc., uma nova entidade formada pelos diretores da empresa de capital privado mexicana.

* José Antonio Meade, ministro da Fazenda do México, disse que o aumento da taxa básica de juros do banco central e a desvalorização do peso terão impacto mínimo sobre a dívida e o equilíbrio fiscal do país, informou a Bloomberg News. Meade não espera que as agências de classificação de risco mudem as avaliações do México.

* A vitória do candidato republicano Donald Trump nas próximas eleições presidenciais norte-americanas "seria um furacão muito mais forte" para o México do que a vitória da rival democrata Hillary Clinton, informou a Reuters, citando o Agustín Carstens, diretor do Banco de México.

* José Antonio Meade, ministro da Fazenda do México, nomeou Emilio Suárez Licona como chefe da unidade de banco de desenvolvimento do ministério e Bernardo González Rosas como chefe da unidade de serviços bancários, valores mobiliários e poupança, informou o El Financiero.

* O centro mexicano de estudos econômicos do setor privado, CEESP, anunciou que a recente decisão do Banco de México de aumentar a taxa básica de juros em 50 pontos-base terá efeito positivo sobre as finanças públicas do país e compensará o impacto da insuficiência dos cortes de gastos propostos para 2017, informou o El Financiero.

* Chemaya Mizrahi Fernández, presidente da ASOFOM, associação mexicana de entidades financeiras de objeto múltiplo, disse que os intermediários financeiros do país terão de diversificar as fontes de financiamento em função da recente decisão do banco central de aumentar a taxa básica de juros, informou o El Economista.

CARIBE

* A nova comissão de supervisão federal de Porto Rico concedeu ao governador Alejandro Garcia Padilla um prazo até 14 de outubro para apresentar um plano preliminar de recuperação fiscal que preveja como o estado norte-americano pretende lidar com a dívida de 70 bilhões de dólares e a contínua recessão, informou a Reuters.

* O Centro Nacional de Furacões dos EUA informou que o furacão Matthew deve se aproximar do sudoeste do Haiti e da Jamaica em 3 de outubro, com ventos de de cerca de 235 km/h, informou a Reuters. O Haiti e a Jamaica solicitaram aos residentes das áreas costeiras que evacuem a região, enquanto Cuba suspendeu os voos no dia 2 de outubro.

BRASIL

* O banqueiro de investimento brasileiro Samuel Oliveira abriu mão de seu cargo no Banco Indusval SA para lançar uma empresa especializada em assessoria no segmento de fusões e aquisições, informou a Reuters. Oliveira foi sócio do banco e da empresa de consultoria BI&P entre 2013 e agosto deste ano. A nova empresa se chamará North Stone Participações e se concentrará em fusões e aquisições, mercado de capitais e consultoria em reestruturação.

* O acordo do Itaú Unibanco Holding SA que prevê a aquisição dos 40% de participação do Banco BMG SA no Banco Itaú BMG Consignado SA tem crédito positivo, informou a Fitch Ratings. A venda e as respectivas receitas, estimadas em cerca de 1,28 bilhão de reais, fortalecerão os indicadores de crédito do Banco BMG e manterão o crescimento do seu principal segmento, o de empréstimos com cartão de crédito com dedução em folha de pagamento. O Valor Econômico informou que o preço de compra representa um prêmio de cerca de 40% sobre o valor das ações do BMG.

* O Banco Bradesco SA informou que sua diretoria aprovou a proposta de pagamento de cerca de 3,32 bilhões de reais de juros sobre o capital no terceiro trimestre, o que corresponde a um montante líquido de cerca de 48,55 centavos por ação ordinária e 53,40 centavos por ação preferencial.

* A taxa de desemprego no Brasil subiu de 11,2%, nos três meses até maio deste ano, para 11,8% nos três meses até agosto, informou a Bloomberg News.

* O presidente do Brasil Michel Temer disse que, na ausência de uma reforma constitucional que limite o aumento dos gastos públicos, a dívida pública do país pode chegar a 100% do PIB até 2024, informou a Reuters. "Ao assumir a presidência, nos impusemos uma missão: a de inocular, no Brasil, uma vacina capaz de imunizar o país contra o populismo fiscal", disse Temer.

* Maria Sílvia Bastos, presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, anunciou que o banco reduziu de 60% para 50% o índice mínimo de conteúdo nacional para empréstimos, informou a Reuters.

* Um juiz federal do Brasil emitiu uma liminar para bloquear 1,08 bilhão de reais de ativos do banco de FonteCindam devido a uma multa aplicada contra o banco pelo Tribunal de Contas da União por causar danos ao tesouro público ao vender dólares americanos abaixo do preço em 1999, informou o Valor Econômico. O banco, desde então, encerrou as operações e distribuiu os ativos entre os acionistas.

REGIÃO ANDINA

* A Moody's elevou a nota de solidez financeira dos seguros em escala nacional da Credinform Intl de Seg SA de Ba1.bo para Baa3.bo e reavaliou a perspectiva de negativa para estável. A elevação da nota é associada à maior força do perfil de crédito em comparação com os pares, baseada na relativa solidez de presença no mercado e na rentabilidade e diversidade da carteira de negócios.

* O banco central da Colômbia, Banco de la República, optou por manter inalterada a taxa básica de juros, em 7,75%, uma vez que a inflação anual no país caiu para 8,10% em agosto e a expectativa de inflação também diminuiu.

* O índice básico de preços ao consumidor do Peru aumentou 0,21% em setembro em relação ao mês anterior, o que elevou a inflação anual para 3,13%, acima da faixa prevista pelo banco central, que variava de 1% a 3%, informou o The Wall Street Journal, citando a agência nacional de estatística INEI.

* O Bancolombia SA anunciou ter concluído o processo de fusão segundo o qual a empresa absorveu a unidade Leasing Bancolombia SA Compañía de Financiamiento. O Bancolombia anunciou a fusão em junho, para aproveitar a sinergia entre as duas empresas e obter maiores eficiências.

* O presidente peruano Pedro Pablo Kuczynski disse que o governo está em processo de criação de um seguro-desemprego opcional para os novos trabalhadores, informou o Gestión.

CONE SUL

* O governo chileno está cogitando vender em 2017 o equivalente a até 10,5 bilhões de dólares de dívida nos mercados locais e globais, informou a Reuters, citando uma cópia da lei do orçamento fiscal de 2017. A presidente Michelle Bachelet disse, recentemente, que despesas do país previstas no orçamento aumentariam 2,7% em 2017 em relação ao ano anterior.

* A demanda por crédito ao consumidor no Uruguai aumentou entre 1% e 2% no terceiro trimestre, informou o El Observador, citando um relatório de monitoramento de crédito ao consumidor emitido pela Pronto!. O relatório adverte, no entanto, que a recuperação da demanda, observada no terceiro trimestre, pode não ser sustentável.

PANORAMA DA AMÉRICA LATINA

* Segundo a Moody's, a taxa de inadimplência de grau especulativo ponderada pelo emissor das empresas latino-americanas subiu de 4%, há um ano, para 5,3% nos 12 meses até junho. Um modelo utilizado pela agência de classificação de risco mostra que a taxa referente ao período de 12 meses até junho de 2017 pode chegar a 5,7%.

* A Credicorp Ltd. anunciou que a unidade Credicorp Capital Ltd. finalizou a aquisição das participações remanescentes na Credicorp Capital Colombia e na Credicorp Capital Chile, tornando-se, assim, proprietária integral de ambas as empresas. A Credicorp Ltd. fez várias contribuições de capital, no valor de cerca de 120,1 milhões de dólares, para a Credicorp Capital Ltd., para que a unidade pudesse prosseguir com as aquisições.

Paula Mejía contribuiu para esse artigo.

The Daily Dose tem um prazo editorial de 8 am horário de São Paulo, e verifica as fontes de notícias publicadas em inglês, português e espanhol. Alguns links externos podem exigir uma assinatura.