trending Market Intelligence /marketintelligence/en/news-insights/trending/m4t_b4cah9w7nhlfon4ovw2 content
BY CONTINUING TO USE THIS SITE, YOU ARE AGREEING TO OUR USE OF COOKIES. REVIEW OUR
PRIVACY & COOKIE NOTICE
Log in to other products

Login to Market Intelligence Platform

 /


Looking for more?

Contact Us

Request a Demo

You're one step closer to unlocking our suite of comprehensive and robust tools.

Fill out the form so we can connect you to the right person.

  • First Name*
  • Last Name*
  • Business Email *
  • Phone *
  • Company Name *
  • City *

* Required

In this list

Brasil apresenta mais medidas econômicas; tribunal mantém multa do Banesco

State Of Singapore Online Video Subscription

Power Forecast Briefing: Capacity Shortfalls to Test the Renewable Energy Transition

Episode 43 - More Change, M&A On Horizon For Equity Research Industry

Cable Nets Struggle With Little Revenue Growth Expanding Programming Budgets


Brasil apresenta mais medidas econômicas; tribunal mantém multa do Banesco

* O Banco Central do Brasil planeja usar reservas em excesso para controlar a liquidez e aumentar a eficiência da política monetária, informou a Reuters, citando comentários do presidente do banco central, Ilan Goldfajn. Como parte de uma série de medidas para revitalizar a economia brasileira, o banco central trabalhará na redução de custos de crédito para consumidores e empresas, melhorando as regulamentações sobre acordos de pagamento e tornando os locais de coleta de dívidas universalmente acessíveis. Outro foco fundamental é o incentivo para que os bancos estatais reduzam as taxas de juros, ao mesmo tempo em que estimulam a concorrência de empréstimos com bancos privados, informou o Estado de S. Paulo.

* O Supremo Tribunal da Venezuela ordenou o congelamento de 7,75 milhões de dólares em ativos mantidos pelo Banesco Banco Universal C.A. correspondentes a uma multa por uma suposta quebra de um contrato municipal no estado do Zulia. O tribunal superior confirmou a sentença dada por um tribunal constitucional em 2015 que aplicava a multa, mas contra a qual o banco havia apelado. O Banesco teria declarado que pagará o montante total da multa.

MÉXICO E AMÉRICA CENTRAL

* A Fitch Ratings confirmou a nota de solidez financeira internacional da seguradora Reaseguradora Patria S.A.B. em A- e revisou sua perspectiva de estável para negativa. A revisão da perspectiva segue uma mudança similar na perspectiva para as notas soberanas do México.

* O banco central do México espera que os bancos tradicionais do país comecem a fazer investimentos significativos no setor de tecnologia financeira para permanecerem competitivos, informou o El Economista. Embora o setor de tecnologia financeira do México seja atualmente pequeno, com cerca de 158 empresas, está crescendo rapidamente, segundo declarou o banco central em seu último relatório sobre o sistema financeiro.

* O CIBanco SA Institución de Banca Múltiple espera que o banco central do México aumente sua taxa de juros de referência para mais de 7% até o final de 2017, informou o El Economista. O banco central aumentou a taxa em 275 pontos-base no ano passado para seu atual nível de 5,75%.

* A Sura Investment Management México declarou que as perspectivas econômicas do México para 2017 permanecem incertas e que os investidores que normalmente se concentram em fundos de investimento devem diversificar suas carteiras para incluir dívida e capital, informou o El Economista.

CARIBE

* A S&P Global Ratings reduziu as notas de crédito soberano em moeda estrangeira e local das Bahamas de BBB-/A-3 para BB+/ B e a avaliação de convertibilidade e transferência do país de BBB para BBB-. O rebaixamento reflete um crescimento do PIB mais fraco do que o esperado e um ritmo lento de consolidação fiscal.

BRASIL

* A demanda por crédito corporativo no Brasil teve queda de 0,5% em novembro em relação ao mês anterior e de 11,4% em relação ao ano passado, segundo a empresa de pesquisa de crédito Serasa Experian. No período entre janeiro e novembro, a demanda por empréstimos corporativos caiu 2,3% em relação ao mesmo período de 2015.

* A Câmara dos Deputados do Brasil aprovou um projeto de lei que permite que os estados em dificuldades financeiras suspendam os pagamentos de dívidas, mas não antes de eliminar certas partes do projeto, como uma proposta para forçar os estados a aumentar os custos das pensões para os funcionários. O ministro da Economia Henrique Meirelles disse que parte do projeto de lei poderá ser vetada pelo presidente Michel Temer.

* O Banco Central considera que o déficit em conta corrente do Brasil aumentará de 22 bilhões de dólares em 2016 para 28 bilhões de dólares em 2017, informou a Reuters, citando dados externos divulgados pelo banco. O país recebeu cerca de 8,75 bilhões de dólares em investimento estrangeiro direto em novembro.

* Em novembro, o governo brasileiro arrecadou cerca de 102,25 bilhões de reais em impostos federais, informou a Reuters. Em outubro, a arrecadação de impostos atingiu 148,70 bilhões de reais devido ao produto de um programa de anistia para ativos não declarados mantidos no exterior.

* A processadora de pagamento de cartões Cielo S.A. anunciou que assinou um contrato de empréstimo de 297,3 milhões de dólares com o Bank of Tokyo-Mitsubishi, informou a Reuters. A Cielo não especificou os termos do empréstimo ou como ele será usado.

* A Moody's reduziu a classificação global de emissor em moeda local de longo prazo da CCB Brasil Arrendamento Mercantil SA de Baa3 para Ba1. O rebaixamento segue a redução das notas da controladora China Construction Bank (Brasil) SA.

* O fraco desempenho fiscal do Brasil e o aumento da trajetória da dívida permanecerão sendo os elos mais fracos em seu perfil de crédito nos próximos anos, de acordo com a Moody's. Embora uma recente limitação dos gastos do governo seja um desenvolvimento positivo, a agência de classificação de risco declarou que espera que a consolidação fiscal seja muito gradual.

* As concessões de empréstimos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social diminuíram 35%, atingindo 76,47 bilhões de reais no comparativo anual nos primeiros 11 meses de 2016, de acordo com dados do banco estatal de desenvolvimento. A demanda por empréstimos caiu 9% no mesmo período.

* O CEO do Itaú Unibanco Holding SA, Roberto Setubal, e o CEO do Banco Bradesco SA, Luiz Carlos Trabuco, elogiaram as medidas de estímulo econômico anunciadas pelo banco central brasileiro, segundo o Valor Econômico. Trabuco disse que as medidas ajudarão na construção de um mercado de crédito amplo e competitivo, enquanto Setúbal observou que elas promoverão maior transparência e eficiência na intermediação financeira.

REGIÃO ANDINA

* A Venezuela começou a reabrir sua fronteira com a Colômbia após uma conversa telefônica entre os presidentes de ambos os países, informou a Reuters. O presidente venezuelano, Nicolas Maduro, havia dito anteriormente que a fronteira permaneceria fechada até 2 de janeiro de 2017, em meio a medidas de repressão ao contrabando.

* A carteira de crédito do Banco Bilbao Vizcaya Argentaria Colombia SA cresceu 8% em 2016, apesar da desaceleração econômica da Colômbia, enquanto a participação do banco no mercado cresceu 20 pontos-base, informou o La República, citando o CEO Oscar Cabrera Izquierdo.

CONE SUL

* O Banco del Estado de Chile abriu uma agência na comunidade chilena de El Carmen, segundo um comunicado do município de El Carmen. Espera-se que a nova agência ofereça uma série de serviços financeiros, inclusive para micro, pequenas e médias empresas.

* O Banco Central de la República Argentina manteve sua taxa de juros de referência de 35 dias em 24,75%. "Considerando que a política monetária opera com atrasos e que as informações disponíveis confirmam que o banco está perto de cumprir sua meta de inflação para o último trimestre, esta instituição se concentra na política monetária que cumprirá sua meta de inflação para 2017", declarou o banco central em um comunicado.

* A Comissão Nacional de Valores Mobiliários da Argentina (CNV) está implementando um requisito para que todos os consultores de investimentos no país sejam aprovados em um exame antes de começar a trabalhar no mercado, informou o La Nación. De acordo com essa norma, um diploma universitário não será mais suficiente para os consultores.

* O Inter-American Development Bank forneceu 424 milhões de dólares em financiamento ao Uruguai durante o ano de 2016, incluindo empréstimos para projetos nos setores público e privado, informou o El País.

* O Banco Santander Chile anunciou que convocou uma assembleia extraordinária de acionistas em 9 de janeiro de 2017 para deliberar sobre a proposta de reduzir o número de membros do conselho do banco de onze para nove. De acordo com a proposta, os diretores atuasi do banco permanecem em seus cargos até a próxima eleição do conselho.

A S&P Global Inc. adquire S&P Global Ratings e S&P Global Market Intelligence.

Paula Mejía contribuiu para esse artigo.

The Daily Dose tem um prazo editorial de 8 am horário de São Paulo, e verifica as fontes de notícias publicadas em inglês, português e espanhol. Alguns links externos podem exigir uma assinatura.