trending Market Intelligence /marketintelligence/en/news-insights/trending/JmAwz3gliqH0YXmGn9twGQ2 content
Log in to other products

Login to Market Intelligence Platform

 /


Looking for more?

Contact Us
In This List

Presidente interino da Câmara do Brasil anula votação de impeachment de Rousseff e depois revoga a anulação

Banking Essentials Newsletter - November Edition

Online Brokerage Space Should Remain Rich Source Of M&A

University Essentials | COVID-19 Economic Outlook in Banking: Rates and Long-Term Expectations: Q&A with the Experts

Estimating Credit Losses Under COVID-19 and the Post-Crisis Recovery


Presidente interino da Câmara do Brasil anula votação de impeachment de Rousseff e depois revoga a anulação

* Waldir Maranhao, presidente interino da Câmara dos Deputados do Brasil, anulou no dia 9 de maio uma votação ocorrida em abril, que aprovava os procedimentos para impeachment da Presidente Dilma Rousseff, segundo reportagem da Reuters, mas revogou a decisão no início do dia seguinte, sem citar qualquer razão. O Presidente do Senado Renan Calheiros disse que a Casa prosseguirá com uma votação agendada para o dia 11 de maio para julgar Rousseff por violação de leis de responsabilidade fiscal.

MÉXICO E AMÉRICA CENTRAL

* Juan Carlos Varela, presidente do Panamá, disse que o país está fechando partes de sua fronteira com a Colômbia para "impedir o tráfego de imigrantes ilegais", informou a Reuters.

* O Bank for International Settlements informou que sua diretoria nomeou novamente Agustín Carstens, presidente do Banco de México, como presidente da Reunião de Economía Global e do Comitê Consultivo Econômico (GEM e ECC, respectivamente) a partir de 1º de julho.

* Até o momento, os bancos de grande porte do México não foram afetados por sua exposição à petrolífera estatal Pemex, informou o El Economista. A Pemex viu sua receita cair, mas isso não significa que a empresa seja insolvente, disse o CEO do Grupo Financiero Banamex SA de CV, Ernesto Torres.

* O Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos revelou que 68 entidades offshore no México têm vínculos com o Mossack Fonseca, o escritório de advocacia alvo do vazamento em massa dos Papéis do Panamá, informou o El Economista.

* A seguradora espanhola MAPFRE SA espera que o mercado de seguros no México cresça entre 7,1% e 7,8% em 2016, informou o El Economista.

BRASIL

* O Itaú Unibanco Holding SA pretende desocupar seu atual escritório em Nova York e se mudar para um local mais barato em Manhattan como parte dos planos para reduzir custos, informou a Bloomberg News, citando "uma pessoa familiarizada com o assunto". O escritório atual tem aproximadamente 150 funcionários trabalhando no segmento corporativo e em operações de investimentos, gestão de ativos e corretagem.

* No momento, empresas brasileiras estão renegociando mais de 24 bilhões de dólares em títulos que elas emitiram fora do país, informou O Estado de S.Paulo.

* A BM&FBOVESPA SA – Bolsa de Valores Mercadorias e Futuros recebeu mais de 200 sugestões sobre como a instituição pode melhorar o processo para listagem de empresas em segmentos especiais, informou o Valor Econômico. A operadora da bolsa de valores abriu uma consulta pública sobre o assunto em março.

* A Caixa Econômica Federal prevê um crescimento de 7% a 7,5% em sua carteira de crédito em 2016, abaixo da projeção anterior de 9,6%, informou a Bloomberg News, citando o CFO Marcio Percival. O banco divulgou lucro líquido de 837,8 milhões de reais no primeiro trimestre, uma queda de 45,9% em comparação ao mesmo período no ano anterior.

* Luciano Coutinho, presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, disse que o banco nunca tomou partido nas eleições políticas e rejeitou as acusações de que ele pressionou empresas a fazer doações para a campanha da presidente brasileira Dilma Rousseff, informou a Folha de S.Paulo.

* A seguradora do Banco do Brasil SA, BB Seguridade Participações S.A., registrou receita líquida de 957,7 milhões de reais no primeiro trimestre, um aumento de 0,9% no comparativo anual, informou o Valor Econômico.

* A Caixa Econômica Federal não tem fundos para financiar empréstimos para compra da casa própria com valores entre 225.000 e 500.000 reais, informou a Folha de S.Paulo. O banco ainda tem 3 bilhões de reais de uma linha de crédito de 7 bilhões de reais recebida dois meses atrás, mas os fundos remanescentes serão destinados para casas que valem até 225.000 reais ou para casas com valor entre 500.000 e 750.000 reais.

* No Brasil, o Fundo de Amparo ao Trabalhador, FAT, disponibilizará 5 bilhões de reais em empréstimos para micro e pequenas empresas, informou o Valor Econômico. Os fundos serão distribuídos através do Banco do Brasil SA e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.

REGIÃO ANDINA

* O Banco de Bogotá SA emitiu um título subordinado com vencimento em 10 anos tendo como meta captar entre 500 e 600 milhões de dólares, informou a Reuters. A demanda pelos papeis teria alcançado 1,3 bilhão de dólares.

* A BlackRock Inc. disse que vai negociar oito novos fundos cambiais na bolsa de valores peruana, informou o El Comercio.

CONE SUL

* A Moody's reposicionou os ratings de emissor em escala nacional de sete bancos e outras instituições financeiras do Uruguai em conjunção com a recalibragem da escala de rating nacional do país. Os ratings nacionais reposicionados de emissores individuais não representam uma mudança no risco de crédito, já que os ratings em escala global permanecem inalterados.

* O Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos publicou o banco de dados completo de informações sobre o vazamento dos Papéis do Panamá, mostrando que há 4.906 empresas offshore no Uruguai, informou o La Red 21.

* O FMI disse que os bancos paraguaios estão mais bem posicionados do que seus credores em outros países da região em termos de resultado financeiro e lucratividade, informou o La Nación.

* O grupo financeiro Rio, com sede no Paraguai, pretende aumentar seu capital e se tornar uma instituição bancária, informou o 5días. Com essa finalidade, a empresa está planejando uma fusão com o Banco Itapuá.

Matthew Craze contribuiu para esse artigo.

The Daily Dose tem um prazo editorial de 8:00 am horário de São Paulo, e verifica as fontes de notícias publicadas em inglês, português e espanhol. Alguns links externos podem exigir uma assinatura.