trending Market Intelligence /marketintelligence/en/news-insights/trending/jfUBl7wwa6Nd7gsjcPkx4w2 content esgSubNav
In This List

Dois vice-presidentes do Bradesco são cotados para a sucessão do CEO

Blog

Insight Weekly: Global stock performance; hydrogen pilot projects; Powell's Fed future unsure

Blog

How Financial Institutions are Managing Exposure to U.S. Municipals

Blog

Top 100 Banks: Capital Ratios Show Resilience to the Pandemic

Blog

Banking Essentials Newsletter: October Edition


Dois vice-presidentes do Bradesco são cotados para a sucessão do CEO

 * Após a morte do presidente da Bradesco Seguros SA, Marco Antonio Rossi, em novembro de 2015, dois dos vice-presidentes executivos do Banco Bradesco SA são considerados os principais candidatos para suceder Luiz Carlos Trabuco Cappi como CEO do banco quando ele atingir o limite de idade de 65 anos, informou o Valor Econômico. Um dos candidatos é Alexandre da Silva Glüher, responsável por questões legais e controles internos, e o outro é Maurício Machado de Minas, responsável pelo setor de tecnologia da informação.

MÉXICO E AMÉRICA CENTRAL

* Analistas afirmam que o Banco de México poderá aumentar ainda mais sua taxa de juros de referência nos próximos meses se o peso mexicano experimentar desvalorização adicional, informou o El Financiero. O banco central já elevou a taxa duas vezes em 2016, sendo que a mais recente foi um aumento de 50 pontos-base em 30 de junho. 

* O Congresso mexicano ainda está avaliando duas propostas apresentadas há mais de um ano para melhorar as regulamentações para as instituições financeiras da comunidade, as Sofipos, e para as cooperativas de poupança e empréstimos, as Socaps, informou o El Economista. Uma das propostas visa responsabilizar mais as federações que supervisionam as Sofipos em casos de falha. A outra tem como objetivo permitir que os municípios emitam licenças de funcionamento para as Socaps.

* A entrada de novos operadores no setor bancário do México nos últimos anos não teve muito impacto sobre a distribuição de participação de mercado, uma vez que os sete maiores bancos do país continuam dominando o setor, com 79% do total dos ativos, informou o El Economista, citando dados da comissão nacional bancária e de títulos do país, CNBV.

* Executivos dos gestores dos fundos de pensão mexicanos Sura, Principal e Coppel concordam que devem diversificar seus investimentos a fim de proporcionar melhores retornos em meio a períodos de alta volatilidade, informou o El Economista.

BRASIL

* O Banco do Brasil SA anunciou ter desembolsado 455 milhões de reais por meio de uma linha de crédito lançada em março, que antecipa a restituição de imposto de renda para pessoas físicas. A linha de crédito deve chegar a 520 milhões de reais antes de ser encerrada, em setembro. 

* Os bancos brasileiros estão intensificando seu foco em empréstimos consignados devido aos menores riscos de inadimplência pelo alinhamento dos com promotores bancários e correspondentes, informou a Reuters.

* A EFG International AG concordou em comprar os negócios do BSI Bank (Singapura) Ltd. em uma transação acelerada de ativos assinada com o BTG Pactual Group. O preço corresponderá ao valor patrimonial tangível do ativo, e o acordo de compra de ativos deverá conter um mecanismo de ajuste de preço.

* O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, o Itaú Unibanco Holding SA, o Banco Bradesco SA e o Banco do Brasil SA, todos credores da siderúrgica Usiminas, concederam à empresa uma prorrogação de 60 dias para um acordo de suspensão do pagamento de dívidas, informou a Reuters, citando um comunicado do BNDES.

* A atividade econômica no Brasil diminuiu 0,51% em maio em comparação ao mês anterior, informou a Reuters, citando dados do Banco Central do Brasil.

* Ivan Cláudio Marx, um procurador federal brasileiro, declarou em um relatório que as pedaladas fiscais utilizadas pela presidente suspensa Dilma Rousseff, que constituem parte da base do processo de impeachment contra ela, não foram ilegais, mas representaram "abuso de poder", informou a Bloomberg News.

* O governo do Brasil prevê recolher um adicional de 8 bilhões de reais em receitas em 2017 como resultado do aumentos de impostos e da criação de novas taxas, informou a Reuters, citando um documento do Ministério do Planejamento. O governo está considerando uma securitização da dívida de 60 bilhões de reais para gerar fundos e reduzir o déficit orçamentário, segundo informou a agência de notícias em nota separada, citando o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira.

* A comissão de orçamento do Congresso Nacional aprovou a meta do déficit orçamentário primário para 2017 do presidente interino, Michel Temer, em 139 milhões de reais, informou a Reuters.

* O Banco BTG Pactual SA informou que seu conselho aprovou o cancelamento de 18.820.908 ações ordinárias e 37.641.816 ações preferenciais emitidas pelo banco, bem como 18.820.908 ações preferenciais classe A e 37.641.816 ações preferenciais classe B da BTG Pactual Participations Ltd. O conselho do banco também aprovou a recompra de até 15 milhões de unidades BBTG11.

* O CaixaBank SA, da Espanha, anunciou a abertura de um novo escritório de representação no Brasil para apoiar projetos empresariais no país sul-americano.

REGIÃO ANDINA

* A International Finance Corp. concedeu um empréstimo de US$ 55 milhões para o Banco Pichincha CA, que usará os fundos para aumentar os empréstimos a pequenas e médias empresas no Equador em cerca de 50%. 

* O Banco Central de Reserva del Perú manteve a taxa de juros inalterada em 4,25% pelo quinto mês consecutivo, informou a Reuters. A decisão deveu-se ao declínio da inflação anual do Peru de 3,54% em maio para 3,34% em junho.

* O Banco Central de Reserva del Perú anunciou que as recentes alterações às regras de pensão e demanda externa para a dívida peruana provavelmente continuarão pesando sobre a moeda local, informou a Reuters.

* Os lucros globais para o setor bancário da Colômbia diminuíram 3,15% em maio na comparação com o mesmo mês do ano anterior, enquanto a carteira de crédito total do setor cresceu 11,39% em termos reais durante o mesmo período, informou o La República, citando dados regulamentares.

CONE SUL

* O presidente da Argentina, Mauricio Macri, anunciou a proposta de criação de uma nova bolsa de valores no país, denominada Bolsas y Mercados Argentinos, que dará aos investidores mais opções e promoverá o desenvolvimento econômico, informou o Cronista. A nova bolsa, que fundirá a já existente Bolsa de Comercio de Buenos Aires com o mercado de títulos de Buenos Aires, o Mercado de Valores de Córdoba e outros mercados da província, aguarda aprovação regulamentar. 

* O Banco Central de Chile manteve sua taxa básica de juros em 3,5% pelo sétimo mês consecutivo, informou a Bloomberg News. "No segundo trimestre, os dados de produção e demanda confirmaram crescimento limitado", declarou o banco central em um comunicado, acrescentando que "os indicadores de confiança ainda estão em território pessimista".

* Sharemoney, o serviço de transferência de dinheiro on-line do Grupo Omnex, anunciou a expansão de seus serviços para incluir o Uruguai como uma das suas opções de transferência.

* O Banco Consorcio declarou que seus acionistas aprovaram um aumento de capital de 47 bilhões de pesos chilenos através da emissão de 22.523 ações, segundo informou o Diario Financiero.

* O crédito para o setor privado na Argentina, denominado em dólares americanos, aumentou 35,1% entre janeiro e maio, informou o Cronista, citando o Banco Central de la República Argentina.

* O Banco de Galicia y Buenos Aires SA, uma unidade do Grupo Financiero Galicia SA, emitiu títulos de 10 anos no valor de US$ 250 milhões, informou o Cronista. O banco planeja usar os recursos para aumentar os empréstimos ao setor privado.

PANORAMA DA AMÉRICA LATINA

* As divergências na política monetária global, a desaceleração da economia na China, a queda nos preços das commodities e a volatilidade do apetite de risco estão criando pressões sobre a taxa de câmbio nos países afetados, declarou a Fitch Ratings. Os produtores de commodities com base no dólar norte-americano estão entre os países com maior risco de desalinhamento cambial.

Paula Mejía contribuiu para esse artigo.

The Daily Dose tem um prazo editorial de 8:00 am horário de São Paulo, e verifica as fontes de notícias publicadas em inglês, português e espanhol. Alguns links externos podem exigir uma assinatura.