trending Market Intelligence /marketintelligence/en/news-insights/trending/IWz1M70LO2E9ucaEFYrHsg2 content
Log in to other products

Login to Market Intelligence Platform

 /


Looking for more?

Contact Us
In This List

Procurador brasileiro tenta obter autorização para investigar Dilma e Lula no caso da Petrobras

Banking Essentials Newsletter - November Edition

Online Brokerage Space Should Remain Rich Source Of M&A

University Essentials | COVID-19 Economic Outlook in Banking: Rates and Long-Term Expectations: Q&A with the Experts

Estimating Credit Losses Under COVID-19 and the Post-Crisis Recovery


Procurador brasileiro tenta obter autorização para investigar Dilma e Lula no caso da Petrobras

 * O procurador geral brasileiro Rodrigo Janot solicitou que o Supremo Tribunal autorize uma investigação da presidente Dilma Rousseff sobre uma suposta tentativa de impedir uma investigação de corrupção na petrolífera estatal Petrobras, informou a Reuters, citando a mídia local. Janot também solicitou uma investigação de corrupção do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, segundo informações da Bloomberg News.

MÉXICO E AMÉRICA CENTRAL

* O Banco de México se oferecerá para comprar novamente títulos do governo em um leilão a realizar-se em 4 de maio de acordo com a demanda do mercado, informou a Reuters.

* Fernando Aportela, vice-ministro da Fazenda do México, disse que o país conseguirá manter seu forte ritmo de crescimento nos próximos trimestres graças ao crescimento da demanda do consumo interno, ao vigor do setor industrial e à recuperação dos EUA, informou a Reuters.

* Em uma pesquisa de analistas da Reuters, todos os 25 entrevistados disseram esperar que o Banco de México mantenha a taxa básica de juros em 3,75% na reunião de política do banco central a realizar-se em 5 de maio.

* Em uma conferência organizada pela Capital Financiero no Panamá, banqueiros e analistas financeiros disseram que a melhor maneira de o país lidar com as consequências do vazamento dos Papéis do Panamá é melhorar a conformidade com os regulamentos internacionais de combate à lavagem de dinheiro.

* O Grupo Financiero Banorte SAB de CV e o Grupo Financiero Banamex SA de CV participarão de um programa piloto global para testar a resiliência dos bancos internacionais a possíveis riscos climáticos, informou o El Economista.

* No México, o crédito ao consumidor apresentou crescimento anual nominal de 12,7% no final do primeiro trimestre, comparado aos 5,8% do ano anterior, informou o El Economista, citando a BBVA Research.

CARIBE

* A S&P Global Ratings confirmou os ratings BB-/B para crédito soberano em longo e curto prazos da República Dominicana, com perspectiva estável. Os ratings refletem a economia relativamente diversificada do país, que manteve um nível de crescimento econômico superior ao de seus vizinhos, bem como os indicadores razoavelmente estáveis de liquidez e dívida externa.

BRASIL

* A venda do HSBC Bank Brasil SA - Banco Múltiplo para o Banco Bradesco SA está a um passo da aprovação regulamentar e deve ser concluída no segundo trimestre, disse o CEO do HSBC Holdings Plc, Stuart Gulliver, em uma teleconferência.

* A Porto Seguro SA divulgou aumento de 4,1% nas receitas líquidas no primeiro trimestre, atingindo 240,4 milhões de reais em relação aos 230,9 milhões de reais do ano anterior. A empresa contabilizou 3,50 bilhões de reais em prêmios subscritos no trimestre, um aumento de 3,32 bilhões de reais em relação ao ano anterior.

* O Itaú Unibanco Holding SA disse ter reduzido sua exposição aos 10 maiores mutuários corporativos no fechamento do primeiro trimestre para 33,08 bilhões de reais, em comparação com os 35,53 bilhões de reais no mesmo período no ano passado, informou a Reuters.

* Os títulos garantidos por hipotecas comerciais (CMBS) e vinculados a crédito no Brasil cairão mais rapidamente em 2016 em comparação com 2015, embora outros setores de títulos CMBS também devam ser afetados em função das pressões macroeconômicas sobre o país, disse a Fitch Ratings.

* Grandes empresas brasileiras depositaram mais de 23 bilhões de dólares em contas offshore em paraísos fiscais caribenhos, informou o jornal O Estado de S. Paulo, citando um estudo feito pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento.

* André Esteves, ex-CEO do BTG Pactual Group, que foi liberado da prisão domiciliar em abril, ainda poderá ser investigado como parte das operações anticorrupção Lava Jato, informou o Valor Econômico. O BTG havia anunciado que Esteves voltaria à empresa como sócio sênior.

* O total de empréstimos concedidos para empresas pelos três principais bancos privados do Brasil, Itaú Unibanco Holding SA, Banco Bradesco SA e Banco Santander (Brasil) S.A., teve uma queda nominal de 4,39% entre dezembro de 2015 e março de 2016, especialmente devido à valorização do real, informou o Valor Econômico.

* Marcelo Kopel, diretor de relações com investidores do Itaú Unibanco Holding SA, disse em teleconferência que o banco prevê que o índice de inadimplência para empréstimos a pessoas físicas deverá crescer em decorrência do desemprego, mas não de forma abrupta, informou o Valor Econômico. Kopel preferiu não comentar sobre a exposição do Itaú à empresa de sondas petrolíferas Sete Brasil, que enfrenta dificuldades.

REGIÃO ANDINA

* Uma proposta de mudança na lei de seguros do Peru, que incorporaria o conceito de "grande risco", pode causar impacto negativo para os clientes de seguradoras, reduzindo sua cobertura, informou o El Comercio, citando Luis Meza, especialista em seguros.

* As cooperativas peruanas de poupanças e empréstimos estão aumentando as taxas de juros pagos sobre determinados depósitos relacionados ao vínculo empregatício para atrair clientes dos bancos, que atualmente oferecem taxas substancialmente mais baixas, informou o La República.

* Seguradoras colombianas estão expandindo sua gama de produtos com foco nas mulheres, inclusive apólices que oferecem cobertura para câncer de mama e possíveis complicações ocorridas durante cirurgias plásticas, informou o La República.

CONE SUL

* A Argentina talvez tenha que reduzir as taxas de juros, que subiram mais de 30% para combater a inflação, por receio de que as taxas elevadas estejam obstruindo o crescimento da economia do país, informou a Bloomberg News. A Moody's acredita que o PIB da Argentina recuará 1% em 2016.

* A Moody's Latin America Agente de Calificación de Riesgo retirou todos os ratings do Banco de Corrientes SA por motivos comerciais próprios.

* Na Argentina, uma testemunha, que foi solta da prisão em abril, disse que o falecido marido da ex-presidente argentina Cristina Kirchner orquestrou um plano de enriquecimento próprio, que também incluiria um sócio comercial, ao permitir que uma construtora superfaturasse vários contratos com o governo, informou o The Wall Street Journal. Segundo a testemunha, Cristina Kirchner também tinha conhecimento do plano.

* O número de locais onde os paraguaios podem acessar serviços financeiros, como agências bancárias e caixas eletrônicos, aumentou 10% nos últimos doze meses que antecederam março, informou o La Nacion, citando o Banco Central del Paraguay.

* A Integrity Seguros Argentina S.A. anunciou uma injeção de capital de 38 milhões de pesos argentinos do fundo de investimento Kranos Capital, informou a La Nacion.

PANORAMA DA AMÉRICA LATINA

* A MAPFRE SA informou que Aristóbulo Bausela Sánchez é o novo CEO para a América Latina, substituindo Rafael Casas Gutiérrez, que se aposentará no final de 2016. Marcos Eduardo Ferreira, atual CEO da BB MAPFRE SH 2 no Brasil, ocupará o cargo de Sánchez como o mais alto executivo da área regional sul da América Latina. Luis Gutiérrez Mateo, atual principal executivo administrativo da MAPFRE BHD na República Dominicana, substituirá Ferreira como diretor da BB MAPFRE SH2.

* A Odyssey Re Holdings Corp. nomeou Andrew Dickson para o cargo de diretor-executivo de subscrição para tratados de resseguros, e Rogelio Diaz para diretor-executivo de subscrição para agricultura e responsabilidade facultativa na América Latina e Caribe. As nomeações entraram em vigor imediatamente.

* A Ironshore Inc. nomeou Adriana Nariño como diretora de garantias do grupo latino-americano, informou o Intelligent Insurer.

A S&P Global Inc. adquire S&P Ratings e Global Market Intelligence

Matthew Craze contribuiu para esse artigo.

The Daily Dose tem um prazo editorial de 8:00 am horário de São Paulo, e verifica as fontes de notícias publicadas em inglês, português e espanhol. Alguns links externos podem exigir uma assinatura.