trending Market Intelligence /marketintelligence/en/news-insights/trending/IvAZvPSdprHUh63GQb26yQ2 content
Log in to other products

Login to Market Intelligence Platform

 /


Looking for more?

Contact Us
In This List

Banco do Brasil prevê redução da folha de pagamento

Banking Essentials Newsletter - November Edition

Online Brokerage Space Should Remain Rich Source Of M&A

University Essentials | COVID-19 Economic Outlook in Banking: Rates and Long-Term Expectations: Q&A with the Experts

Estimating Credit Losses Under COVID-19 and the Post-Crisis Recovery


Banco do Brasil prevê redução da folha de pagamento

* O Banco do Brasil SA espera que os custos com folha de pagamento se reduzam em 2,3 bilhões de reais em 2017, depois que pouco mais de 9.400 funcionários decidiram aderir ao programa de aposentadoria antecipada da empresa, informou a Reuters. O banco também espera registrar custos extraordinários de 1,4 bilhão de reais relacionados ao programa.

* A Fitch Ratings reavaliou a perspectiva das notas soberanas do México de estável para negativa, já que o país enfrenta riscos no horizonte de crescimento, o que pode afetar a estabilização da dívida pública. O crescimento do México, que está abaixo do esperado em comparação com seus semelhantes, é acompanhado pelo aumento da dívida pública geral, salientou a Fitch, acrescentando que os planos do presidente eleito dos EUA Donald Trump de restringir as políticas de comércio e imigração também impõem incertezas e volatilidade aos preços dos ativos no México.

MÉXICO E AMÉRICA CENTRAL

* Um número crescente de empresas que atuam no México adiaram seus planos de crescimento até que surjam mais detalhes sobre as políticas de comércio e outras políticas propostas pelo presidente eleito dos EUA, Donald Trump, informou a Reuters, citando líderes empresariais. "Se ele impuser um imposto de importação sobre produtos mexicanos, vai ser um desastre total", disse Maurizio Rosa, CEO da Codan Rubber México.

* Belize e seus credores deram início a negociações de reestruturação da dívida sobre os 530 milhões de dólares de títulos do país com vencimento em 2038, informou a IFR, citando "fontes próximas ao assunto". Numa declaração feita do banco central do país, foi dito que o "governo está tratando o assunto com mente aberta" e pretende "dar aos títulos de 2038 uma base permanentemente sustentável".

* O banco central do México deve aumentar a taxa básica de juros entre 25 e 50 pontos-base nesta semana, acompanhando uma alta semelhante que deve ser anunciada pelo Federal Reserve dos Estados Unidos, informou o El Economista, citando estimativas de grupos financeiros.

BRASIL

* A Caixa Econômica Federal pretende substituir o vice-presidente de ativos de terceiros, cargo atualmente ocupado por Flávio Arakaki de forma interina, informou o Valor Econômico. A busca por um substituto ocorre após a recente reestruturação da diretoria do banco estatal.

* O Banco do Estado do Rio Grande do Sul SA informou que sua diretoria decidiu pagar o montante líquido de cerca de 14,5 milhões de reais em juros sobre o capital próprio no quarto trimestre, o que corresponde a 3,53 centavos por ação ordinária. O pagamento será feito em 29 de dezembro aos acionistas registrados em 14 de dezembro.

* O índice de desaprovação da administração do presidente brasileiro Michel Temer subiu de 31% em julho para 51% em dezembro, informou a Reuters, citando uma pesquisa do Datafolha publicada pela Folha de S.Paulo. De acordo com a pesquisa, 63% dos brasileiros querem que Temer renuncie até o final de 2016.

* O governo do Brasil negou informações veiculadas na imprensa local de que o presidente Michel Temer esteja preparado para reduzir a idade mínima de aposentadoria, prevista para 65 anos de idade, que ele estabeleceu em uma recente proposta de reforma de aposentadoria, informou a Reuters. O governo fará tudo o que estiver ao seu alcance para garantir que não haja mudanças na idade mínima de aposentadoria, informou o gabinete de Temer em um pronunciamento.

* O Itaú Unibanco Holding SA informou que sua diretoria aprovou o pagamento de juros sobre o capital próprio no valor líquido de cerca de 40,07 centavos por ação como dividendo obrigatório para 2016. Os acionistas registrados em 22 de dezembro estarão aptos a receber o pagamento.

* A queda esperada na taxa básica Selic do Brasil pode aumentar os empréstimos imobiliários no país para 50 bilhões de reais em 2017, em comparação com a estimativa de 45 bilhões de reais em 2016, informou o Diário Comércio Indústria & Serviços, citando Gilberto de Abreu Duarte Filho, presidente da ABECIP, Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança.

* A diretoria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social aprovou o pagamento antecipado da dívida de 100 bilhões de reais ao Tesouro brasileiro, informou o Diário Comércio Indústria & Serviços. Espera-se que os recursos sejam devolvidos ao governo até o final de 2016.

* O setor de seguros do Brasil está cogitando a oferta de seguros de responsabilidade civil para diretores e administradores (D&O) para executivos do setor público. O produto pode estar disponível em 2017, informou o Diário Comércio Indústria & Serviços, citando João Francisco Borges, presidente da FenSeg, Federação Nacional de Seguros Gerais.

* O Banestes SA - Banco do Estado do Espírito Santo informou que Élcio Álvares, CEO da unidade Banestes Seguros, faleceu no dia 9 de dezembro . Álvares assumiu o cargo em fevereiro de 2015.

* A recente saída de Sérgio Clemente do cargo de vice-presidente sênior da unidade de atacado do Banco Bradesco SA aumentou a chance de o vice-presidente Marcelo Noronha substituir Luiz Carlos Trabuco Cappi no cargo de CEO, informou o jornal O Estado de S. Paulo.

REGIÃO ANDINA

* A La Positiva Seguros y Reaseguros S.A. informou que Roberto Rodrigo Freyre, vice-presidente executivo da empresa, deixou a empresa. Ele ocupava o cargo desde maio de 2010, observou a seguradora sem apresentar nenhuma razão para sua saída.

* O Banco Ripley Perú SA informou que pretende emitir, em 14 de dezembro, títulos negociáveis no valor de até 30 milhões de soles peruanos, podendo chegar a 50 milhões de soles, com vencimento em 359 dias. Os títulos farão parte da primeira emissão no âmbito do quarto programa de títulos negociáveis do banco com valor de até 200 milhões de soles.

* O banco central da Colômbia elegerá um novo diretor em 12 de dezembro para substituir José Darío Uribe, que há 12 anos está no comando do banco, informou o Portafolio. O novo diretor será eleito para o período de 4 de janeiro de 2017 a 3 de janeiro de 2021.

CONE SUL

* Francisco Silva, presidente do Grupo Security S.A., disse que o credor chileno pretende consolidar seus negócios no Peru, onde tem duas subsidiárias, informou o La Tercera. A empresa também está avaliando oportunidades de crescimento por meio de fusões e aquisições.

* A disputa judicial entre o regulador bancário chileno SBIF e o CorpBanca, agora conhecido como Itaú CorpBanca, sobre uma multa de 30 milhões de dólares imposta no final de 2015 está entrando na fase final no Supremo Tribunal, informou o Diario Financiero. O SBIF pretende revogar a decisão do tribunal de recursos contra a multa, que foi cobrada porque o banco supostamente excedeu os limites admissíveis para determinados empréstimos.

PANORAMA DA AMÉRICA LATINA

* O Bank Julius Baer & Co. Ltd. está procurando um substituto para Gustavo Raitzin, diretor de operações latino-americanas do banco, informou a Reuters, citando "duas fontes a par do assunto". Raitzin, que ocupa o cargo desde 2005 e está perto dos 60 anos de idade, está ciente do fato.

Matthew Craze contribuiu para esse artigo.

The Daily Dose tem um prazo editorial de 8 am horário de São Paulo, e verifica as fontes de notícias publicadas em inglês, português e espanhol. Alguns links externos podem exigir uma assinatura.