trending Market Intelligence /marketintelligence/en/news-insights/trending/bbfq45jfctspuua9w7er7g2 content
BY CONTINUING TO USE THIS SITE, YOU ARE AGREEING TO OUR USE OF COOKIES. REVIEW OUR
PRIVACY & COOKIE NOTICE
Log in to other products

Login to Market Intelligence Platform

 /


Looking for more?

Contact Us

Request a Demo

You're one step closer to unlocking our suite of comprehensive and robust tools.

Fill out the form so we can connect you to the right person.

  • First Name*
  • Last Name*
  • Business Email *
  • Phone *
  • Company Name *
  • City *

* Required

In this list

Os maiores bancos do México divulgam resultados variados no 2º trimestre

Municipal-Run Fiber Tops 280000 Subscribers In 2018

Mobile Payment Apps Driving Fintech Frenzy In India

Street Talk Episode 42: Banks losing consumer deposits to fintech, digital platforms, commercial might be next

Corporate Renewables Market Looks To Continue Growth After Record 2018


Os maiores bancos do México divulgam resultados variados no 2º trimestre

* O Grupo Financiero Banorte SAB de CV divulgou um lucro liquido de 4,63 bilhões de pesos mexicanos no segundo trimestre, um aumento de 16% em relação aos 4 bilhões de pesos ganhos no mesmo período no ano anterior. O resultado veio na sequência de um aumento de 9% na receita líquida de juros e de 16% na receita não decorrente de juros. A principal subsidiária em operação do grupo, o Banco Mercantil del Norte SA Institución de Banca Múltiple, contribuiu com 3,10 bilhões de pesos para o lucro trimestral, o que representa um crescimento 38% em relação aos 2,24 bilhões de pesos registrados no mesmo período no ano passado.

* O Grupo Financiero Banamex SA de CV divulgou um lucro líquido de 4,51 bilhões de pesos mexicanos no segundo trimestre de 2016, uma queda de 31% no comparativo anual. A empresa observou que o resultado do ano anterior foi distorcido pela venda de sua unidade de processamento de pagamentos com cartão de crédito para a EVO Payments International. Segundo a empresa, excluindo os ganhos com essa venda, a receita líquida no segundo trimestre teve crescimento de 2% em relação ao mesmo período no ano anterior.

MÉXICO E AMÉRICA CENTRAL

* O CEO do Banorte, Marcos Ramírez Miguel, disse que o banco apoia uma nova lei de disciplina financeira para estados e munícipios, informou o El Economista. O executivo teria dito que por ser dos principais bancos a emprestar para estados e municípios no México, o Banorte é a favor de todas as medidas que promovam transparência.

* Em nota separada no El Economista, o CEO do Banamex, Ernesto Torres Cantú, disse que o banco ainda está otimista em relação ao desempenho da economia do México, e estima que o PIB deste ano crescerá 2,1%. O executivo também minimizou o impacto no comércio entre o México e os Estados Unidos se Donald Trump chegar à presidência do país.

* Segundo o El Economista, Marco Antonio López Pérez, executivo da comissão de bancos e valores do México, CNBV, teria dito que a agência reguladora deve publicar novas regras para gerenciar o setor de microfinanças até o final de 2016. A regulamentação tem o objetivo de fornecer a intermediários financeiros custos mais claros para produtos, permitindo que eles desenvolvam novas ofertas neste segmento.

* A Sofom ION Financiera emitiu 50 milhões de pesos mexicanos em títulos como parte de um programa de 200 milhões de pesos para atender a necessidades financeiras de curto prazo, informou o El Financiero. A emissão é a primeira feita pela empresa voltada para dívida hipotecária. O presidente José Shabot Cherem disse que a empresa está estudando usar mercados de capitais no futuro.

* O BBVA Bancomer SA Institucion de Banca Múltiple Grupo Financiero BBVA Bancomer recebeu um volume de pedidos de indenização relacionados a seu aplicativo móvel de serviços bancários que totalizou 53,4 milhões de pesos mexicanos no primeiro trimestre de 2016, informou o Reforma, citando dados da Condusef. O número de reclamações contra o serviço móvel do banco aumentou 1.566% no comparativo anual, chegando a 4.742 entre janeiro e março. O BBVA Bancomer atribuiu esse aumento vertiginoso ao uso criminal de senhas de segurança e dados pessoais dos clientes.

CARIBE

* Eric Garcia, ex-diretor do Girobank NV, com sede em Curaçao, foi preso e acusado de desviar mais de 10 milhões de dólares, informou o Curaçao Chronicle.

BRASIL

* Em 21 de julho, os maiores bancos de capital aberto do Brasil viram a queda mais acentuada no preço de suas ações em um mês à medida que aumentam as preocupações com relação às finanças do grupo Odebrecht SA, envolvido em corrupção, e conversas sobre falência vêm à tona, informou a Reuters. Em uma declaração, a Odebrecht negou que buscará uma reorganização judicial, mas bancos brasileiros estão recebendo solicitações de reestruturação para empréstimos problemáticos.

* Os maiores bancos brasileiros devem divulgar lucros menores no segundo trimestre na esteira do aumento da inadimplência e da desaceleração dos empréstimos, informou o Valor Econômico. O lucro somado Banco do Brasil SA, Itaú Unibanco Holding SA, Banco Bradesco SA e Banco Santander (Brasil) S.A. deve totalizar 12,66 bilhões de reais no período, 17,6% abaixo do registrado no mesmo período no ano anterior.

* Analistas preveem que o lucro líquido do BTG Pactual Group no segundo trimestre terá pouca alteração em relação ao primeiro, sendo que as estimativas de duas empresas do setor variam entre uma queda de 0,5% a um aumento de 1%, informou o Valor Econômico.

* Embora os analistas acreditem que os próximos meses serão desafiadores, eles também concordam que os bancos brasileiros começarão a se recuperar em 2017, informou o Valor Econômico em outra reportagem.

* A demanda por crédito ao consumidor no Brasil caiu 8,9% na primeira metade de 2016 em relação ao mesmo período no ano anterior, de acordo com dados da empresa de pesquisa de crédito Boa Vista SCPC. Em junho, as solicitações de crédito de indivíduos caíram 3% em relação a maio e 8,2% no comparativo anual.

* No dia 21 de julho, o Brasil lançou uma oferta global para um título de dívida externa com vencimento em 30 anos, no valor de 1,5 bilhão de dólares, aproveitando o crescimento do otimismo do investidor com o país e o aumento do fluxo de fundos para mercados emergentes, informou a Reuters. O rendimento do título foi de 5,875%.

* A Fitch Ratings confirmou e retirou as notas do Banco Votorantim SA e da BV Leasing ‐ Arrendamento Mercantil SA, depois que ambas as empresas optaram por parar de participar do processo de classificação de crédito. Foram retiradas as notas de crédito de escala nacional de longo e curto prazo do Banco Votorantim, AA-(bra) e F1+(bra), respectivamente.

REGIÃO ANDINA

* O Supremo Tribunal da Venezuela permitirá que o banco central do país, o Banco Central De Venezuela, obtenha um empréstimo sem aprovação do congresso, liderado pela oposição, segundo informações da Reuters. A Venezuela está tentando tomar 1 bilhão de dólares emprestado do Fundo de Reservas Latino-Americano, com sede na Colômbia, para aumentar suas minguantes reservas internacionais.

* De acordo com um relatório de inclusão financeira, 76,2% da população da Colômbia possui um produto financeiro, o que representa aumento de 5,1% em comparação ao ano passado, informou o Portafolio.

CONE SUL

* O Citigroup Inc. estendeu o prazo para possíveis compradores de suas operações na Argentina enviarem seus lances finais, informou o Cronista. As partes interessadas agora terão até 1º de agosto para fazer suas ofertas; o prazo anterior era 25 de julho.

* O órgão regulador de fundos de pensão no Chile instaurou um processo para invalidar a fusão entre a AFPs Cuprum e Argentum devido a benefícios fiscais resultantes da negociação, informou o Pulso. O órgão também disse que iniciou uma investigação de uma fusão similar entre outros dois fundos de pensão, AFP Provida SA e Acquisition.

Paula Mejía contribuiu para esse artigo.

The Daily Dose tem um prazo editorial de 8:00 am horário de São Paulo, e verifica as fontes de notícias publicadas em inglês, português e espanhol. Alguns links externos podem exigir uma assinatura.