trending Market Intelligence /marketintelligence/en/news-insights/trending/8DdrELTk15LnGsf-qWsZHg2 content esgSubNav
Log in to other products

 /


Looking for more?

Contact Us
In This List

Banco Sofisa lança oferta pública para fechamento de capital; Inbursa compra pequena participação em banco espanhol

BLOG

Banking Essentials Newsletter: June Edition

Case Study

กรณีศึกษา A Bank Takes its Project Finance Assessments to a New Level

Blog

Fintech Intelligence Digital Newsletter: May 2021

Blog

Financial Institutions Factor Transition Risk into Climate-Related Stress Testing


Banco Sofisa lança oferta pública para fechamento de capital; Inbursa compra pequena participação em banco espanhol

* O Banco Sofisa SA lançou uma oferta pública planejada na tentativa de fechar seu capital para negociação no mercado. Com a oferta, o banco espera adquirir até 13.187.965 ações, compostas por 11.989.865 ações em circulação e 1.198.100 ações detidas pela administração do banco, ao valor de R$ 4,50 por ação.

* O Grupo Financiero Inbursa SAB de CV, do México, comprou 100 milhões de euros em ações da entidade espanhola CaixaBank SA, o que equivale a uma participação de cerca de 0,75%, informou a Reuters, citando "uma fonte com conhecimento da operação". A compra foi parte de um leilão de ações, no valor de 1,3 bilhão de euros, lançado pelo CaixaBank para reforçar suas reservas de capital.

MÉXICO E AMÉRICA CENTRAL

* Analistas esperam que o banco central mexicano Banco de México aumente a taxa básica de juros em 50 ou 75 pontos-base, em uma reunião marcada para 29 de setembro, o que seria um sinal claro para o mercado de que o banco está empenhado em combater a inflação, informou o El Economista.

CARIBE

* A S&P Global Ratings reduziu de B para B- as notas soberanas em moeda estrangeira e local de longo prazo de Barbados e manteve a perspectiva negativa. O rebaixamento reflete a deterioração do perfil financeiro do governo nos últimos anos, devido a déficits fiscais persistentemente elevados, o que reflete desvio orçamentário e gastos não orçados.

BRASIL

* A PartnerRe Ltd. nomeou Marcos Fugise como diretor da PartnerRe Brazil e representante do escritório da PartnerRe em São Paulo, nomeação esta que ainda aguarda aprovação regulamentar. Ele substitui David Preti, diretor da PartnerRe Brazil que pediu para sair e voltar à Europa por motivos pessoais.

* O fundo de pensão Previ, pertencente ao banco estatal brasileiro Banco do Brasil S.A., decidiu exercer o direito de vender sua participação de 19,28% na empresa de energia CPFL Energia SA para a State Grid Brazil Power Participações Ltda., de acordo com um comunicado emitido pela CPFL.

* O Supremo Tribunal Federal aprovou o início de uma investigação preliminar sobre alegações de que doações de campanha solicitadas pelo presidente Michel Temer em 2012 tivessem origem ilícita, informou a Reuters. As acusações provêm de um acordo de delação premiada iniciado pelo ex-diretor da Transpetro, subsidiária da petrolífera estatal Petrobras. A investigação também cita o presidente do Senado, Renan Calheiros, entre outros.

* Renato Ejnisman, diretor da unidade de investimento do Banco Bradesco SA, disse que a empresa pretende ganhar participação de mercado no Brasil em virtude da saída de bancos estrangeiros do país, informou o Valor Econômico. A recente aquisição do HSBC Bank Brasil SA - Banco Múltiplo por parte do banco lhe permitirá melhorar os negócios no setor de atacado, de acordo com o executivo. A publicação informou separadamente que o HSBC Holdings Plc recebeu autorização para operar como banco de investimento no Brasil após a venda da unidade brasileira. A empresa injetou 1 bilhão de reais de capital novo em suas operações remanescentes no país.

* O Credit Suisse Group AG declarou, em um relatório, que, embora a economia do Brasil tenha mostrado alguns sinais de recuperação, o risco de uma crise de crédito está longe de terminar, informou o InfoMoney. O Credit Suisse estima que o setor bancário do país esteja lutando com 434 bilhões de reais em empréstimos corporativos em atraso.

REGIÃO ANDINA

* A Fitch Ratings confirmou as notas nacionais de longo e curto prazos do Instituto para el Desarrollo de Antioquia como AAA(col) e F1+(col), respectivamente, e reavaliou a perspectiva da nota de longo prazo de estável para negativa. A reavaliação da perspectiva está de acordo com a mudança de perspectiva aplicada ao estado colombiano de Antioquia no início de setembro.

* Os rebeldes das FARC colombianas aprovaram por unanimidade um acordo de paz estabelecido com o governo em agosto, segundo o qual os rebeldes formarão um novo partido político que terá 10 assentos não eleitos no Congresso até 2026, informou a Reuters.

* O crédito bancário concedido ao setor privado no Peru aumentou 6,2% em agosto, no comparativo anual, uma queda em relação ao crescimento anual de 7,7% registrado em julho, informou o Gestión, citando o Banco Central de Reserva del Perú. Os empréstimos comerciais cresceram 4,4% no comparativo anual em agosto, enquanto os empréstimos pessoais aumentaram 9,4%.

* A taxa global de inadimplência de empréstimos dos bancos peruanos atingiu 2,91% no final de agosto, um aumento de 0,22 ponto percentual em comparação a um ano atrás, informou o El Comercio, citando a ASBANC, associação bancária nacional. O aumento foi impulsionado por atrasos superiores no pagamento dos empréstimos concedidos a grandes e médias empresas.

CONE SUL

* O presidente argentino Mauricio Macri obrigou Juan Miguel Cuattromo a renunciar como diretor do Banco Central de la República Argentina, de acordo com o diário oficial do país. Cuattromo foi nomeado pelo governo anterior, em setembro de 2015, para substituir Waldo José Farías. A nomeação inicial deveria durar seis anos, até setembro de 2021, mas, segundo Macri, a decisão era "ilegal", já que, por lei, o diretor só deveria ter sido nomeado para finalizar o mandato de Farías, que teria terminado em setembro de 2016.

* O Inter-American Development Bank aprovou um empréstimo de 100 milhões de dólares para o Chile para ajudar o governo a implementar uma iniciativa que visa promover a transparência na política e nos negócios, anunciou o Ministério da Fazenda do Chile.

* A CNV, comissão de valores mobiliários da Argentina, aprovou a criação de quatro fundos de investimento abertos em que as pessoas que participem de algum programa de anistia do governo para ativos não declarados possam aplicar seu dinheiro, informou o El Cronista.

A S&P Global Inc. adquire S&P Global Ratings e Global Market Intelligence.

Paula Mejía contribuiu para esse artigo.

The Daily Dose tem um prazo editorial de 8:00 am horário de São Paulo, e verifica as fontes de notícias publicadas em inglês, português e espanhol. Alguns links externos podem exigir uma assinatura.