trending Market Intelligence /marketintelligence/en/news-insights/trending/79wsWWuDSF9_1GlAWVrqyg2 content
Log in to other products

Login to Market Intelligence Platform

 /


Looking for more?

Contact Us

Request a Demo

You're one step closer to unlocking our suite of comprehensive and robust tools.

Fill out the form so we can connect you to the right person.

If your company has a current subscription with S&P Global Market Intelligence, you can register as a new user for access to the platform(s) covered by your license at Market Intelligence platform or S&P Capital IQ.

  • First Name*
  • Last Name*
  • Business Email *
  • Phone *
  • Company Name *
  • City *
  • We generated a verification code for you

  • Enter verification Code here*

* Required

Thank you for your interest in S&P Global Market Intelligence! We noticed you've identified yourself as a student. Through existing partnerships with academic institutions around the globe, it's likely you already have access to our resources. Please contact your professors, library, or administrative staff to receive your student login.

At this time we are unable to offer free trials or product demonstrations directly to students. If you discover that our solutions are not available to you, we encourage you to advocate at your university for a best-in-class learning experience that will help you long after you've completed your degree. We apologize for any inconvenience this may cause.

In This List

Banrisul pode ser privatizado

Infrastructure Issues: Tools to Dig Deep on Potential Risks

Street Talk Episode 68 - As many investors zig away from bank stocks, 2 vets in the space zag toward them

Street Talk Episode 66 - Community banks tap the debt markets while the getting is good

Street Talk Episode 67 - Veteran investor tabs Mick Mulvaney to help with latest financial stock-focused fund


Banrisul pode ser privatizado

* O governo do estado do Rio Grande do Sul terá que concordar em privatizar o Banco do Estado do Rio Grande do Sul SA, para que possa chegar a um acordo de reestruturação da dívida com o governo federal, informou o Valor Econômico, citando fontes oficiais.

* O Grupo Financiero Interacciones S.A. de C.V. registrou receita líquida de 792 milhões de pesos mexicanos no quarto trimestre de 2016, um aumento de 16,99% em relação aos 677 milhões de pesos auferidos no mesmo período do ano anterior. As comissões líquidas do banco subiram 42,31% no comparativo anual, para cerca de 1,12 bilhão de pesos, enquanto a margem financeira melhorou 43,91%, chegando a 1,02 bilhão de pesos.

MÉXICO E AMÉRICA CENTRAL

* Jaime Martinez, presidente da Comissão Federal de Diálogo com Povos Indígenas do México, apresentou uma queixa de evasão fiscal contra Donald Trump, alegando que o presidente dos Estados Unidos, como estrangeiro, violou a lei mexicana ao tentar adquirir imóveis na faixa que se estende até 31 milhas da fronteira com os EUA, informou a Reuters. A procuradoria-geral do México informou que está investigando o caso.

* O presidente mexicano Enrique Peña Nieto disse que "lamenta e reprova" a ordem executiva do presidente dos EUA, Donald Trump, que propõe acelerar a construção do muro fronteiriço entre os dois países, informou a Reuters. Segundo o ministro das Relações Exteriores do México, Luis Videgaray, a reunião entre os dois presidentes marcada para a próxima semana ainda está "de pé, por enquanto", informou a agência de notícias separadamente.

* Analistas do Grupo Financiero Banorte, Capital Economics e UBS preveem que, em 2017, o banco central do México aumente a taxa básica de juros entre 140 e 200 pontos-base, informou o El Economista.

* O Banco Inmobiliario Mexicano SA Institución de Banca Múltiple espera emitir mais de 9 bilhões de pesos mexicanos em empréstimos para a construção de moradias e pequenos centros comerciais em 2017, um aumento de 11% em relação ao ano anterior, informou o El Economista.

BRASIL

* Em 2017, o governo brasileiro provavelmente venderá dívidas denominadas em euro e cogita também a emissão de títulos no mercado asiático, informou a Reuters, citando Ana Paula Vescovi, secretária do Tesouro.

* A confiança do consumidor no Brasil, medida pela Fundação Getúlio Vargas, aumentou para 79,3 em janeiro, em comparação com os 73,1 observados em dezembro de 2016, informou a Reuters. Economistas esperam que, em 2017, o país comece a se recuperar da forte recessão econômica.

* O Banco Central do Brasil rejeitou a proposta de nomeação de Paulo Roberto Ferreira, atual secretário da Fazenda do estado do Espírito Santo, como presidente do Banestes SA - Banco do Estado do Espírito Santo, informou o Valor Econômico.

* O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social contratará consultores profissionais para atuarem como representantes do banco nos conselhos das empresas nas quais o credor investe, informou o Valor Econômico. O BNDES pretende melhorar a governança corporativa nas empresas em que investe.

* Em breve, a Bolsa de Valores de São Paulo suspenderá a negociação de 16 empresas por vários motivos, entre eles o atraso na apresentação de demonstrativos financeiros, informou o Valor Econômico. Os nomes das empresas não foram divulgados.

* O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social está tentando impedir que a produtora de etanol Renuka do Brasil leiloe uma usina como parte de um processo de recuperação judicial, informou o Valor Econômico. O banco, que detém a hipoteca da usina, considera ilícitos alguns termos da estruturação da dívida da Renuka.

* O Ministério Público do Brasil usará as leis anticorrupção do país para impetrar ações judiciais contra o Grupo Safra, o Banco Bradesco SA e outras empresas, como parte da chamada "Operação Zelotes", informou o Valor Econômico.

* O presidente do Brasil Michel Temer assinou um acordo com o governador do estado do Rio de Janeiro para prestar assistência financeira federal ao estado, informou a Folha de S. Paulo. Um empréstimo de resgate entre 5 bilhões e 7 bilhões de reais pode ser concedido ao estado se este for capaz de oferecer garantias reais aos bancos envolvidos.

* O Banco Santander (Brasil) SA registrou lucro líquido gerencial de cerca de 1,99 bilhão de reais no quarto trimestre de 2016, um aumento em relação ao montante de 1,61 bilhão de reais registrado no mesmo período do ano anterior. A receita proveniente de comissões e tarifas do banco saltou de 3,21 bilhões para 3,86 bilhões de reais, enquanto a provisão para créditos de liquidação duvidosa caiu de 2,76 bilhões para 2,68 bilhões de reais.

REGIÃO ANDINA

* O Banco Fassil SA nomeou Osman Willy Peña Lino como vice-gerente de microfinanças, que assumiu o cargo em 25 de janeiro.

* O Banco CorpBanca Colombia SA concordou em pagar uma multa de 90 milhões de pesos colombianos como parte de um acordo regulamentar para pôr fim a uma investigação sobre supostas irregularidades nas atividades de negócio do banco. O banco concordou em adotar medidas para "eliminar as causas" dos eventos que suscitaram a investigação e demitiu executivos envolvidos nas supostas irregularidades.

* A ASBANC, associação bancária peruana, espera que os bancos locais aumentem a concessão de empréstimos em 8% em 2017, quase o dobro da taxa de crescimento de empréstimos de 4,4% registrada em 2016, informou o Gestión.

* Em sua primeira decisão de política monetária de 2017, em 27 de janeiro, o banco central da Colômbia deverá reduzir a taxa básica de juros em 25 pontos-base, informou o Portafolio, citando pesquisas realizadas por centros especializados.

CONE SUL

* O Banco Macro S.A. informou que sua diretoria aceitou a renúncia de Ariel Marcelo Sigal como diretor regular e aprovou a nomeação do diretor suplente Delfín Federico Ezequiel Carballo, que assumirá o lugar de Sigal.

* O Banco de la Nación Argentina lançou uma nova linha de crédito para pessoas que queiram construir casas em terrenos que já possuem, informou o La Nación. Os empréstimos serão denominados em pesos argentinos e terão prazo de 20 anos.

* França, Estados Unidos, Peru e México têm ajudado o Chile a combater os piores incêndios na história moderna do país, alguns dos quais podem ter sido iniciados propositalmente, informou a Reuters. Em 25 de janeiro, já haviam sido registrados 85 incêndios separados.

PANORAMA DA AMÉRICA LATINA

* Segundo Ana Botín, presidente executiva do Banco Santander SA, o banco espera continuar obtendo bons resultados no México "apesar do ambiente desafiador". O Brasil, maior mercado do Santander, seria menos afetado pelas mudanças na política externa e econômica dos EUA, já que fez menos negócios com o país, salientou ela a analistas.

* Em uma cúpula da Comunidade de Estados da América Latina e do Caribe, presidentes e diplomatas de toda a região prometeram se unir contra as políticas protecionistas do presidente dos EUA, Donald Trump, informou a Bloomberg News. Líderes do México, Brasil e Colômbia não estiveram presentes na cúpula.

Matthew Craze contribuiu para esse artigo.

The Daily Dose tem um prazo editorial de 8:00 am horário de São Paulo, e verifica as fontes de notícias publicadas em inglês, português e espanhol. Alguns links externos podem exigir uma assinatura.