trending Market Intelligence /marketintelligence/en/news-insights/trending/4ggl_o3g8e3qs9kqzapgoq2 content
BY CONTINUING TO USE THIS SITE, YOU ARE AGREEING TO OUR USE OF COOKIES. REVIEW OUR
PRIVACY & COOKIE NOTICE
Log in to other products

Login to Market Intelligence Platform

 /


Looking for more?

Contact Us

Request a Demo

You're one step closer to unlocking our suite of comprehensive and robust tools.

Fill out the form so we can connect you to the right person.

  • First Name*
  • Last Name*
  • Business Email *
  • Phone *
  • Company Name *
  • City *

* Required

In this list

Itaú compra participação no BMG

Shareholder Advocates Say New SEC Policy To Prompt Litigation, Less Transparency

Groups Urge Business Roundtable CEOs To Act On New Corporate Purpose Declaration

State of South Korean OTT Video: Subscription

Global Streaming Media Device Sales Forecast To Flatten In 5 Year Outlook


Itaú compra participação no BMG

* O Itaú Unibanco Holding SA anunciou ter finalizado, ao valor de 1,46 bilhão de reais, a aquisição integral da participação de 40% que o Banco BMG SA tinha no credor Banco Itaú BMG Consignado SA. Quando o acordo foi anunciado em setembro, o Itaú informou que as duas empresas continuarão sendo parceiras por meio de um novo acordo comercial que visa à distribuição de empréstimos consignados do Banco Itaú BMG por meio de canais de distribuição vinculados ao Banco BMG e suas coligadas.

* A Cielo S.A. informou que sua diretoria aprovou a distribuição de 247,8 milhões de reais em juros sobre o capital próprio referente ao segundo semestre de 2016. O pagamento será efetuado em 31 de março de 2017 aos acionistas registrados em 3 de janeiro de 2017.

MÉXICO E AMÉRICA CENTRAL

* O Banco Mercantil del Norte SA Institución de Banca Múltiple aumentou de 4,3% para 4,7% a projeção da inflação de 2017 para o México, depois que o governo anunciou que elevará em até um quinto o preço da gasolina em janeiro de 2017, informou a Reuters.

* A Fovissste, instituição estatal mexicana de crédito imobiliário, emitiu aproximadamente 40,61 bilhões de pesos mexicanos em empréstimos em 2016, informou o El Economista. Do total de 94.208 empréstimos hipotecários concedidos pela entidade durante o ano, 60.890 se destinaram à compra de imóveis, enquanto 33.318 foram aplicados em reformas ou reparos residenciais.

* O Banco del Ahorro Nacional y Servicios Financieros S.N.C. decidiu que não terá mais representação delegada no estado mexicano de Querétaro a partir de 2017, informou o El Economista. A decisão foi parcialmente motivada pelo desejo de reduzir os custos operacionais do banco, embora suas agências no estado continuem a funcionar normalmente.

BRASIL

* O presidente do Brasil Michel Temer vetou uma seção do projeto de lei de renegociação da dívida dos estados que os dispensaria de adotar medidas de austeridade, informou a Bloomberg News, citando um pronunciamento feito pelo Ministério da Fazenda. O presidente insiste que os estados devem comprometer-se com medidas de corte de gastos em troca de ajuda do governo para sanar suas dívidas. O governo agora enviará a nova legislação ao Congresso, de forma semelhante à da proposta inicial que foi flexibilizada pelos legisladores, disse um “funcionário a par do assunto”.

* O Banco Santander (Brasil) SA informou que seus acionistas aprovaram as nomeações de Álvaro Antônio Cardoso de Souza como presidente do banco, e de Sérgio Agapito Lires Rial como vice-presidente, que assumirão os cargos em 31 de dezembro.

* O Banco Central do Brasil registrou ganhos de cerca de 74,86 bilhões de reais em suas operações de swap cambial no ano até 23 de dezembro, em comparação com o prejuízo de 89,66 bilhões de reais registrado em 2015, informou o Valor Econômico.

REGIÃO ANDINA

* Legisladores colombianos aprovaram uma lei que concede anistia aos rebeldes das FARC por crimes menores, mas não por crimes de guerra ou abusos dos direitos humanos, informou a Reuters. A lei de anistia faz parte do recente acordo de paz firmado entre os rebeldes e o governo que visa a pôr fim à guerra que já dura décadas no país.

* O governo do Peru emitirá títulos soberanos no valor de até 88 milhões de soles peruanos para financiar 24 projetos de obras públicas na cidade de Cajamarca, informou o Gestión, citando o primeiro-ministro Fernando Zavala.

CONE SUL

* O Scotiabank Chile, o Banco BICE, o Banco Consorcio e o Banco del Estado de Chile registraram os melhores avanços nos parâmetros de medida da eficiência no Chile durante o período de 12 meses até outubro, informou o Diario Financiero, citando dados da SBIF, superintendência nacional de bancos e instituições financeiras. O índice de eficiência operacional do Scotiabank melhorou em 4,06 pontos percentuais. O BICE e o Consorcio registraram aumento de 2 pontos percentuais, seguidos pelo BancoEstado, com aumento de 1,72 ponto percentual.

* A recente decisão do banco central do Chile de manter a taxa básica de juros em 3,5% não foi unânime, uma vez que um dos membros da diretoria votou em favor de reduzi-la em 25 pontos-base, informou a Reuters, citando a ata da última reunião da política monetária do banco central. O mercado espera que o banco central reduza a taxa em janeiro de 2017.

* O governo argentino emitiu 60 bilhões de pesos argentinos em títulos do Tesouro subscritos pela ANSeS, agência nacional de seguridade social, e cerca de 4,7 milhões de dólares em títulos do Tesouro subscritos pelo fundo do setor de hidrocarbonetos do país, informou o El Cronista.

PANORAMA DA AMÉRICA LATINA

* Segundo Michael Hasenstab, gestor de fundos de títulos da Franklin Templeton, a perspectiva dos ganhos políticos ortodoxos da América Latina é otimista devido a três líderes da região: Mauricio Macri, da Argentina, Pedro Pablo Kuczynski, do Peru, e Michel Temer, do Brasil, informou a Bloomberg News. A empresa agora favorece investimentos em dívidas ligadas a moedas específicas de mercados emergentes locais, que incluem Brasil, México, Argentina e Colômbia.

Paula Mejía contribuiu para esse artigo.

The Daily Dose tem um prazo editorial de 8:00 am horário de São Paulo, e verifica as fontes de notícias publicadas em inglês, português e espanhol. Alguns links externos podem exigir uma assinatura.