trending Market Intelligence /marketintelligence/en/news-insights/trending/13KpzkRbLSF5o61k_6B6yQ2 content esgSubNav
Log in to other products

 /


Looking for more?

Contact Us
In This List

Temer ordena retaliação contra J&F

BLOG

Banking Essentials Newsletter: June Edition

Case Study

กรณีศึกษา A Bank Takes its Project Finance Assessments to a New Level

Blog

Fintech Intelligence Digital Newsletter: May 2021

Blog

Financial Institutions Factor Transition Risk into Climate-Related Stress Testing


Temer ordena retaliação contra J&F

* O governo brasileiro ordenou que a Caixa Econômica Federal deixe de refinanciar as linhas de crédito existentes para a J&F Investimentos SA, holding controlada pela família Batista, em retaliação às acusações de corrupção de alguns membros da família recentemente contra o presidente Michel Temer, informou a Reuters, citando "pessoas familiarizadas com a decisão". Em um comunicado, o gabinete de Temer declarou que "os bancos estatais agem com base exclusivamente em critérios técnicos", acrescentando que "decisões baseadas em outros critérios não recebem a autorização do presidente".

* O Grupo Financiero Banorte S.A.B. de C.V., do México, afirmou que a recente decisão de um tribunal federal que impede o banco de recuperar um empréstimo de 617 milhões de pesos da empresa de serviços petrolíferos falida Oceanografia não afetará os resultados do banco em 2017, já que o empréstimo foi totalmente contabilizado em outubro de 2014, segundo o El Economista informou.

MÉXICO E AMÉRICA CENTRAL

* O Banco del Bajío SA, do México, abriu uma nova agência no complexo de logística de Guanajuato Puerto interior, informou El Financiero. O banco deve ingressar no mercado de ações esta semana com uma oferta pública inicial.

* A Fitch Ratings atribuiu uma nota nacional AA-(pan) à Multibank Seguros S.A., com perspectiva estável. A nota considera o apoio que a seguradora recebe de sua controladora, seu perfil conservador de subscrição e os resultados operacionais estáveis.

* A expectativa é de que o banco central do México aumente sua taxa básica de juros em mais 25 pontos-base, para 7,0%, em uma reunião de política monetária em 22 de junho, informou o El Economista, citando uma pesquisa do Citibanamex.

CARIBE

* O Central Bank of the Bahamas nomeou Charles Littrell como seu novo inspetor de bancos e empresas fiduciárias, em vigor a partir de 26 de junho. Littrell substitui Abhilash Bhachech, cujo mandato como inspetor termina em junho.

BRASIL

* Os depósitos no Brasil superaram as retiradas em 292,6 milhões de reais em maio, de acordo com dados do banco central, após quatro meses consecutivos de retiradas superiores aos depósitos. O valor acumulado em 2017 mostra que as retiradas superaram os depósitos em 18,38 bilhões de reais até maio, em comparação aos 38,89 bilhões de reais do mesmo período do ano passado.

* A Caixa Econômica Federal agora estima que os trabalhadores brasileiros retirarão um total de cerca de 40 bilhões de reais de contas inativas do FGTS. De acordo com a estimativa anterior do banco, esse número estava entre 30 bilhões e 35 bilhões de reais, informou a Reuters, citando o presidente Gilberto Occhi.

* As recentes alegações de corrupção que envolveram o presidente do Brasil, Michel Temer, provavelmente não resultarão em grande risco para o setor bancário do país, informou a Reuters, citando Murilo Portugal, presidente da federação de bancos Febraban.

* Na ata de sua mais recente reunião de política monetária, o Banco Central do Brasil indicou um ritmo mais lento de redução das taxas de juros para julho devido ao aumento da incerteza sobre a agenda de reformas propostas pelo presidente Michel Temer, que negou-se a renunciar ante as recentes acusações de envolvimento em um escândalo de corrupção, informou a Reuters.

* A federação brasileira de bancos, Febraban, espera que o país tenha um crescimento do crédito de cerca de 1% a 2% em 2017, abaixo da taxa de expansão esperada para o PIB, informou o Diário Comércio Indústria & Serviços, citando o presidente da associação, Murilo Portugal.

* O comitê de assuntos econômicos do Senado brasileiro aprovou a proposta de reforma trabalhista do governo, embora o projeto ainda precise ser aprovado por dois outros comitês do Senado antes da votação final em plenário, informou a Reuters.

REGIÃO ANDINA

* O credor estatal venezuelano Banco De Venezuela SA Banco Universal está tentando vender 5 bilhões de dólares em títulos soberanos com vencimento em 2036 para fundos de Wall Street com desconto de até 80%, informou a Reuters, citando um legislador e uma fonte do setor financeiro. Os títulos foram oferecidos à Goldman Sachs em maio, mas a empresa norte-americana recusou a oferta, segundo informaram algumas fontes.

* Os EUA condenaram o presidente venezuelano Nicolás Maduro por reprimir os protestos contra o governo que levaram a pelo menos 65 mortes desde o início de abril, informou a Reuters. "O governo venezuelano está destruindo os direitos humanos e a democracia na Venezuela", declarou Nikki Haley, embaixadora dos EUA nas Nações Unidas.

* O segundo leilão de dólares sob o novo sistema de leilões em moeda Dicom da Venezuela gerou uma taxa de câmbio de 2.161 bolívares venezuelanos por dólar, um aumento em relação aos 2.010 bolívares por dólar no leilão anterior, informou a Reuters.

* Os legisladores peruanos concederam aprovação preliminar a um projeto de lei que exige que os bancos locais ofereçam cartões de crédito aos clientes sem cobrar taxas de participação, informou o El Comercio. O projeto de lei ainda está sujeito a votação no Congresso.

* O Banco Mundial anunciou que o plano do governo peruano de investir bilhões de dólares em esforços de reconstrução de infraestrutura após as graves inundações no início de 2017 ajudará a impulsionar o crescimento econômico do país, informou a Bloomberg News. O Banco Mundial deverá assessorar o Peru no seu programa de reconstrução.

* Os prêmios de seguro na Colômbia aumentaram 10,4% nos primeiros quatro meses de 2017 em relação ao mesmo período do ano passado, impulsionados pelo crescimento de quase 30% nos prêmios de seguro de desemprego, informou o La República, citando dados da federação local de seguros Fasecolda.

CONE SUL

* O conselho do Grupo Supervielle SA propôs um aumento de capital de até 145 milhões de pesos argentinos por meio da emissão de até 145 milhões de novas ações ordinárias de classe B. Os acionistas considerarão a proposta em uma reunião no dia 7 de julho.

* O presidente do banco central da Argentina, Federico Sturzenegger, declarou que a taxa de inflação anual do país será inferior a 25% em maio e diminuirá para 21% ou 22% em julho, informou a Reuters. Os dados oficiais de inflação para maio devem ser liberados no dia 8 de junho.

* A economia do Paraguai cresceu 6,6% no primeiro trimestre de 2017 em relação ao ano passado e 3,4% em relação ao quarto trimestre de 2016, informou a Reuters, citando funcionários do banco central. O crescimento do primeiro trimestre foi impulsionado pelo comércio, serviços, produção industrial e construção.

* A economista Lea Giménez foi nomeada para substituir Santiago Peña como ministra da Fazenda do Paraguai depois que Peña deixou o cargo para concorrer às eleições presidenciais em 2018, informou o 5días. Lea Giménez, anteriormente vice-ministra da Economia, é a primeira mulher a comandar o Ministério da Fazenda do país.

* O banco central da Argentina agora permite que os bancos locais concedam empréstimos para a compra de novas habitações antes que as obras de construção e o processo de registro da propriedade sejam concluídos, informou o La Nación.

* Alguns bancos argentinos, incluindo o Banco Macro SA e o Grupo Supervielle SA, anunciaram recentemente aumentos de capital para atender à crescente demanda por crédito, informou o Clarín.

PANORAMA DA AMÉRICA LATINA

* A expectativa é de que o investimento estrangeiro em mercados emergentes totalize 970 bilhões de dólares em 2017, um aumento de 252 bilhões de dólares, que corresponde a 35%, em relação ao ano passado, segundo informou a Reuters, citando uma pesquisa do Instituto de Finanças Internacionais. A nova estimativa de 2017 é de 290 bilhões de dólares acima da previsão do IIF de quatro meses atrás.

* O Bank of Nova Scotia, do Canadá, está buscando uma participação de mercado de pelo menos 10% nos países da Aliança do Pacífico, ou seja, México, Peru, Chile e Colômbia, o que permitirá ao banco melhorar a eficiência e alcançar economia de custos, segundo informou o CEO Brian Porter à Bloomberg TV Canadá em uma entrevista.

* O presidente do banco central Ilan Goldfajn declarou que cerca de 250 milhões de pessoas na América Latina e no Caribe não possuem acesso a serviços bancários devido a disparidades de renda e à exclusão do sistema financeiro, informou o Diário Comércio Indústria & Serviços.

Helen Popper contribuiu para esse artigo.

The Daily Dose tem um prazo editorial de 8 am horário de São Paulo, e verifica as fontes de notícias publicadas em inglês, português e espanhol. Alguns links externos podem exigir uma assinatura.