trending Market Intelligence /marketintelligence/en/news-insights/trending/qvVV5_4RIHF1xGaU_G1AuA2 content esgSubNav
In This List

IRB-Brasil solicita IPO; novo presidente do BNDES define foco

Blog

Insight Weekly: Earnings learnings; Duke Energy hits back; PE activity surges

Blog

Banking Essentials Newsletter: July Edition - Part 3

Blog

Q&A: Data That Delivers - Automating the Credit Risk Workflow

Blog

Banking Essentials Newsletter: July Edition - Part 2


IRB-Brasil solicita IPO; novo presidente do BNDES define foco

* Paulo Rabello Castro, o novo presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, disse que a instituição deve se concentrar em interesses de desenvolvimento nacional e não atuar como um "balcão de atendimento ao cliente" para empresas, informou a Reuters. "Os empresários não devem ditar o que o BNDES faz", ele teria dito.

* A IRB-Brasil Resseguros SA entrou com um pedido de oferta pública inicial de ações no órgão regulador CVM, informou a Reuters, citando declarações de três dos maiores acionistas da empresa. Os três venderão uma parte de sua participação em uma oferta secundária de ações.

MÉXICO E AMÉRICA CENTRAL

* A autoridade fiscal mexicana SAT disse estar considerando impor uma multa de 90 milhões de dólares a empresas envolvidas no envio não declarado de 450 milhões de dólares em instrumentos ao portador negociáveis dos Estados Unidos para o México em 2016, informou a Reuters. Embora os fundos fossem legítimos, não foram declarados adequadamente. A SAT não divulgou os nomes das empresas envolvidas.

* O ministro mexicano da Fazenda Jose Antonio Meade declarou que as autoridades locais devem ser "cautelosas, cuidadosas e responsáveis" já que o peso mexicano ainda enfrenta volatilidade apesar de demonstrar uma tendência "favorável" nas últimas semanas, informou a Reuters.

* O índice de inadimplência do Banco del Ahorro Nacional y Servicios Financieros S.N.C. chegou a 5,8%, mas o banco está trabalhando para leva-lo de volta aos níveis históricos de 2% a 2.5%, informou o El Economista, citando o CEO Virgilio Andrade.

BRASIL

* O presidente brasileiro Michel Temer pediu ao Tribunal Superior Eleitoral que acelere a análise do caso da acusação de financiamento ilegal de sua campanha em 2014, informou a Reuters. Uma decisão sobre o caso ajudará a recuperação da economia ao eliminar parte da incerteza política.

* O ministro brasileiro da Fazenda Henrique Meirelles declarou que prevê que o presidente Michel Temer sobreviverá a uma investigação de corrupção e cumprirá todo seu mandato até o final de 2018, informou a Reuters. Meirelles acrescentou que nem cogita se tornar presidente interino caso Temer seja afastado do cargo. O ministro também disse que a economia do Brasil cresceu cerca de 0,7% no primeiro trimestre em relação ao anterior e provavelmente registrará crescimento recorde para o ano inteiro, a agência de notícias informou em matéria separada.

* O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social assinou um memorando de entendimento com International Finance Corp. para incorporar critérios sociais e ambientais em suas decisões de crédito, informou o Valor Econômico.

* Uma política de empréstimos restritiva adotada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social permitiu que organizações multilaterais e bancos de desenvolvimento estrangeiros atuassem no financiamento de projetos de infraestrutura no Brasil, informou o Valor Econômico, citando Hector Gomez, CEO do International Finance Corp para o Brasil.

* O órgão brasileiro regulador de pensões Previc designou 17 dos maiores fundos de pensão do país como entidades sistemicamente importantes, o que significa que elas estarão sujeitas a critérios regulatórios mais rígidos, informou o Valor Econômico.

* Roberto Olinto, diretor de pesquisa do instituto brasileiro de estatística IBGE, é considerado o favorito para substituir Paulo Rabello Castro na presidência da agência, informou o Valor Econômico. Castro foi nomeado presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.

REGIÃO ANDINA

* Julio Borges, o presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, liderada pela oposição, criticou o CEO do Goldman Sachs Group Inc. Lloyd Blankfein por "ganhar dinheiro fácil com o sofrido povo venezuelano" depois que o banco comprou aproximadamente 2,8 bilhões de dólares em títulos do país. O presidente venezuelano Nicolás Maduro está no centro das atenções em virtude da crise econômica e de protestos antigoverno em todo o país.

* Lenin Moreno, o novo presidente do Equador, chamou Julian Assange de "hacker", mas declarou que o fundador do WikiLeaks pode continuar na embaixada do país em Londres, informou a Reuters.

CONE SUL

* O presidente argentino Mauricio Macri anunciou que a ministra das Relações Exteriores Susana Malcorra renunciou, pois está se mudando para a Espanha por motivos pessoais, informou a Reuters. Jorge Faurie, embaixador argentino na França, substituirá Malcorra.

* Representantes do Partido Colorado, que está no poder no Paraguai, disseram que o ministro da Fazenda Santiago Peña concorrerá às eleições presidenciais de 2018 no país, uma decisão que exigirá que ele se afaste de seu cargo atual quando a candidatura for oficial, informou a Reuters.

* A Moody's rebaixou a nota do perfil de risco de crédito individual e a avaliação de crédito da linha de base ajustada do Banco de la República Oriental del Uruguay de "baa2" para "baa3". O rebaixamento reflete deterioração na qualidade dos ativos e dos índices de lucratividade e capitalização do banco nos últimos três anos.

* A Inversiones La Construcción SA divulgou lucro de 51,2 milhões de dólares no primeiro trimestre, uma queda de 86,2% em relação aos 371,2 milhões no mesmo período do ano passado. Contudo, a empresa observou que o resultado de um ano atrás incluiu a entrada de 335,6 milhões de sua associação com a Prudential, que foi dissolvida em março de 2016.

* O Scotiabank Uruguay SA chegou a um acordo com o sindicato bancário AEBU para manter abertas duas de suas agências, que haviam sido designadas para fechamento, com a implementação de serviços automatizados nos dois locais, informou o El País.

* O número de caixas eletrônicos no Chile caiu 12% nos últimos três anos, com apenas dois bancos aumentando a quantidade de caixas, informou o Diario Financiero, citando dados do órgão regulador bancário local SBIF.

* Os bancos argentinos planejam elevar em 15%, em média, as comissões cobradas de contas correntes e outros produtos a partir de junho, mas alguns bancos implementarão o aumento posteriormente, já que têm de notificar os clientes com 60 dias de antecedência, informou o El Cronista.

* A BlackRock Inc. pode lançar outro fundo negociado em bolsa no Chile dependendo do desempenho de seu fundo ECH já existente, declarou o executivo Nicolás Gómez ao Diario Financiero em uma entrevista.

PANORAMA DA AMÉRICA LATINA

* Os bancos latino-americanos em geral enrijeceram suas condições de empréstimos no último trimestre devido aos aumentos das taxas de juros nos Estados Unidos e à sua percepção de maior risco político, informou o El Economista, citando uma pesquisa realizada pelo Institute of International Finance.

Matthew Craze contribuiu para esse artigo.

The Daily Dose tem um prazo editorial de 8:00 am horário de São Paulo, e verifica as fontes de notícias publicadas em inglês, português e espanhol. Alguns links externos podem exigir uma assinatura.