trending Market Intelligence /marketintelligence/en/news-insights/trending/9v4_vg33iWpUDQtuV6plDw2 content esgSubNav
In This List

Brasil cresce 1% no 1º trim., mas dúvidas persistem

Blog

Latin American and Caribbean Market Considerations Blog Series: Focus on LGD

BLOG

Banking Essentials Newsletter: June Edition

Case Study

กรณีศึกษา A Bank Takes its Project Finance Assessments to a New Level

Blog

Fintech Intelligence Digital Newsletter: May 2021


Brasil cresce 1% no 1º trim., mas dúvidas persistem

* A economia do Brasil cresceu 1% no primeiro trimestre em comparação com o quarto trimestre de 2016 ajudada por uma forte expansão no setor agrícola, segundo dados da agência de estatísticas IBGE. O crescimento marca o fim de uma queda observada em relação a oito trimestres consecutivos, encerrando a recessão que já durava anos no país. Entretanto, quando comparada ao mesmo período do ano passado, a economia brasileira teve uma contração de 0,4% no primeiro trimestre.

* O renomado economista brasileiro Regis Bonelli declarou que é prematuro demais concluir que o Brasil saiu da recessão depois que os dados oficiais mostraram crescimento de 1% no PIB no primeiro trimestre em relação ao anterior. Segundo ele, há uma possibilidade de que a economia se retraia novamente no segundo trimestre.

* O presidente do banco central do Peru Julio Velarde declarou que o banco está considerando outro corte na taxa básica de juros, depois de uma redução de 25 pontos-base em maio, para incentivar a demanda nacional, informou o El Comercio.

MÉXICO E AMÉRICA CENTRAL

* O Banco La Hipotecaria SA oferecerá títulos no valor de 4 milhões de dólares na bolsa do Panamá em 8 de junho. Os títulos de dois anos da série AG terão juros anuais de 4,25%.

* A ata da última reunião de política financeira do banco central mexicano, em que a entidade elevou a taxa básica de juros em 25 pontos-base, para 6,75%, mostra que os membros do conselho estavam divididos na questão de se o banco está perto do fim do ciclo de aumentos da taxa, informou a Reuters. O banco central já elevou a taxa em 375 pontos-base desde o final de 2015.

* A S&P Global Ratings colocou as notas BB+ de longo prazo em escala global e mxA+/mxA-1 de escala nacional do Banco Monex SA Institución de Banca Múltiple Monex Grupo Financiero em CreditWatch, com implicações negativas. A medida reflete pressão sobre o índice de capital ajustado ao risco do banco devido à rescisão de um acordo que teria resultado na injeção de capital de 1 bilhão de pesos mexicanos na empresa.

* A tempestade tropical Beatriz chegou à costa mexicana do Pacífico em 1º de junho, trazendo consigo deslizamentos de terra e fortes chuvas que causaram pelo menos duas mortes, informou a Reuters, citando o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos.

* As remessas de dinheiro para o México aumentaram 6,2%, para aproximadamente 2,31 bilhões de dólares, no comparativo anual em abril, o maior montante para aquele mês desde 1995, informou o El Economista, citando dados do banco central.

* A comissão mexicana de concorrência Cofece multou o México Multifamily Fund VIII, o Invex, o CIBanco SA Institución de Banca Múltiple o HSBC e o Monex em 365 mil pesos mexicanos cada por terem fechado um acordo para comprar determinados ativos do HSBC no México sem autorização apropriada, informou o El Financiero.

BRASIL

* O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social Paulo Rabello de Castro disse que os acionistas controladores de empresas em que o banco tem participação devem ser afastados caso sejam condenados por acusações de corrupção, informou a Reuters.

* O ministro da Fazenda do Brasil Henrique Meirelles disse que a indicação do Banco Central de que reduzirá o ritmo dos cortes na taxa de juros em meio ao aumento da volatilidade política foi "normal", uma vez que a taxa já foi reduzida substancialmente nos últimos meses, informou a Reuters.

* A Moody's reduziu de B1 para B2 as notas globais de depósitos em moeda local e estrangeira de longo prazo do Banco Original SA e do Banco Original do Agronegócio SA e revisou a perspectiva dos dois bancos de estável para negativa. O rebaixamento reflete riscos de contágio decorrentes de uma investigação criminal em andamento sobre supostas práticas corruptas de executivos da empresa coligada JBS SA.

* O índice de desemprego no Brasil atingiu uma alta recorde de 13,6%, contra os 6,5% de antes de o país entrar em recessão, com mais de 14 milhões de pessoas atualmente sem emprego, informou a CNNMoney.

* A taxa de investimento no Brasil permaneceu em 15,6% do PIB no primeiro trimestre, estável em relação ao trimestre anterior e a mais baixa desde 1995, informou o Valor Econômico, citando a agência nacional de estatística IBGE.

* Uma nova lei que exige que as empresas de cartão de crédito no Brasil paguem impostos na origem de cada transação, em vez de onde sejam sediadas, elevará os custos significativamente ao forçá-las a monitorar diferentes alíquotas e regras tributárias nos 5.570 municípios do país, informou a Folha de S. Paulo, citando a associação de empresas de cartão de crédito Abecs.

* O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social Paulo Rabello de Castro declarou que o banco aplicará critérios rigorosos quando analisar pedidos de empréstimo apesar de ter liquidez superior a 150 bilhões de reais, informou o Diário Comércio Indústria & Serviços. O executivo também disse que o banco não cria oportunidades de investimento, mas apenas responde à demanda por crédito, informou a Folha de S. Paulo.

REGIÃO ANDINA

* O presidente da Venezuela Nicolás Maduro anunciou que fará um referendo a respeito do controvertido plano de formar uma nova assembleia constituinte com o poder de reescrever a constituição, informou a Reuters.

* O Congresso da Venezuela, controlado pela oposição, criticou o banco de investimentos japonês Nomura Securities Co. Ltd. por sua recente compra de aproximadamente 100 milhões de dólares em títulos da empresa petrolífera estatal, dizendo que a operação ajudou a financiar uma "ditadura", informou a Reuters. Julio Borges, presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, disse em uma carta ao CEO do Nomura Holdings Inc. que o governo de Nicolás Maduro usará pelo menos 300 milhões de dólares em recursos oriundos da venda de títulos ao Nomura e ao Goldman Sachs Group Inc. para comprar armas da Rússia, informou a Bloomberg News.

* O Banco Agrario de Colombia SA SA sofreu um prejuízo de cerca de 135,81 bilhões de pesos colombianos em investimentos no consórcio de construção Navelena, em dificuldades financeiras em virtude de sua ligação com o conglomerado brasileiro Odebrecht envolvido em um escândalo, informou o Portafolio, citando a controladoria geral da Colômbia.

* O presidente do banco central da Colômbia Juan José Echavarría disse que os credores locais estão fazendo o que podem para reduzir as taxas de juros, mas que não é uma boa ideia forçá-los a reduzir os custos dos empréstimos, informou o Portafolio.

* O Banco Agropecuario assumiu o controle de ativos no valor de 5 milhões de soles peruanos pertencentes a um devedor após a condução dos procedimentos legais exigidos, o que marca a primeira vez que um banco recorre ao sistema legal para recuperar um empréstimo, informou o La República.

CONE SUL

* O Itaú CorpBanca entrou com um pedido de prospecto preliminar para a venda de uma quantidade não divulgada de ações ordinárias, ações depositárias americanas representando ações ordinárias, direitos de subscrição de ações ordinárias e títulos de dívida. O banco usará os recursos da venda desses títulos para fins corporativos gerais.

PANORAMA DA AMÉRICA LATINA

* O ING Groep NV nomeou Gerald Walker como seu diretor regional nas Américas a partir de 1º de julho para substituir Rudolf Molkenboer, que ocupa o cargo desde março de 2013.

A S&P Global Inc. adquire S&P Global Ratings e S&P Global Market Intelligence.

Matthew Craze contribuiu para esse artigo.

The Daily Dose tem um prazo editorial de 8 am horário de São Paulo, e verifica as fontes de notícias publicadas em inglês, português e espanhol. Alguns links externos podem exigir uma assinatura.