trending Market Intelligence /marketintelligence/en/news-insights/trending/2EJn-MtolTZiHAiuTzOa7g2 content
Log in to other products

Login to Market Intelligence Platform

 /


Looking for more?

Contact Us

Request a Demo

You're one step closer to unlocking our suite of comprehensive and robust tools.

Fill out the form so we can connect you to the right person.

If your company has a current subscription with S&P Global Market Intelligence, you can register as a new user for access to the platform(s) covered by your license at Market Intelligence platform or S&P Capital IQ.

  • First Name*
  • Last Name*
  • Business Email *
  • Phone *
  • Company Name *
  • City *
  • We generated a verification code for you

  • Enter verification Code here*

* Required

Thank you for your interest in S&P Global Market Intelligence! We noticed you've identified yourself as a student. Through existing partnerships with academic institutions around the globe, it's likely you already have access to our resources. Please contact your professors, library, or administrative staff to receive your student login.

At this time we are unable to offer free trials or product demonstrations directly to students. If you discover that our solutions are not available to you, we encourage you to advocate at your university for a best-in-class learning experience that will help you long after you've completed your degree. We apologize for any inconvenience this may cause.

In This List

Venezuela enfrenta dívidas; tribunal omite testemunho da Odebrecht do caso Temer

Infrastructure Issues: Tools to Dig Deep on Potential Risks

Street Talk Episode 68 - As many investors zig away from bank stocks, 2 vets in the space zag toward them

Street Talk Episode 66 - Community banks tap the debt markets while the getting is good

Street Talk Episode 67 - Veteran investor tabs Mick Mulvaney to help with latest financial stock-focused fund


Venezuela enfrenta dívidas; tribunal omite testemunho da Odebrecht do caso Temer

*O Tribunal Superior Eleitoral do Brasil decidiu não incluir o testemunho de executivos da Odebrecht no caso em que se alega que o presidente Michel Temer recebeu financiamento de campanha ilegal nas eleições de 2014, informou a Reuters. A exclusão desse testemunho melhora a linha de defesa de Temer no julgamento, de acordo com a agência de botícias. Uma decisão final poderá surgir na manhã de 9 de junho.

* Alguém pediu anonimamente à Associação Internacional de Swaps e Derivativos que determinasse se a inadimplência da Venezuela em empréstimos 950 milhões de dólares da Rússia pode ser considerada um padrão mais amplo nas dívidas do país sul-americano, informou o Financial Times. O Latin American Herald Tribune informou anteriormente que o Comitê de Auditoria da Rússia confirmou a inadimplência da Venezuela em suas dívidas com Moscou.

* Esta semana, a Venezuela não efetuou um pagamento de juros de empréstimo de 30 milhões para o Banco De Desarrollo De América Latina, um banco de desenvolvimento com sede na capital, Caracas, segundo duas fontes legislativas anônimas informaram à Reuters. O país entrou em um período de graça de 30 dias para cumprir o compromisso.

MÉXICO E AMÉRICA CENTRAL

* A Fitch Ratings observou que as empresas mexicanas enfrentam vários graus de exposição a uma potencial renegociação do pacto comercial do NAFTA, com maior exposição dos setores automotivo, de bebidas alcoólicas, imobiliário e de varejo a políticas protecionistas dos EUA.

* O banco central da Costa Rica decidiu aumentar sua taxa básica de juros em 50 pontos-base para 4,5% a partir de 8 de junho, informou El Financiero. A taxa de referência está agora quase 3 pontos percentuais mas elevada do que no início de 2017.

* Panamá e México assinaram um acordo para compartilhar informações financeiras entre os dois países para fins fiscais, informou o El Capital Financiero. O Panamá também está em negociações para chegar a acordos similares com Espanha, Itália, Alemanha, Reino Unido e Suíça.

CARIBE

* O Scotiabank Trinidad & Tobago Ltd. anunciou a noemação de Janet Boyle para o seu conselho, a partir de 6 de junho. Janet Boyle ascendeu em cargos seniores no grupo Scotiabank nos últimos 13 anos.

* O FirstCaribbean International Bank Ltd. declarou um dividendo intermediário de 2,5 centavos de dólar por ação a ser pagos em 7 de julho aos acionistas registrados até 23 de junho.

BRASIL

* O ministro da Fazenda Henrique Meirelles declarou que um decreto presidencial assinado em 8 de junho para elevar o valor máximo de multas que podem ser impostas aos bancos por violações de regras permitirá que o banco central e regulador de valores mobiliários melhorem a transparência, informou a Reuters. O Congresso tem seis meses para decidir se vai transformar o decreto, que também habilita o banco central a entrar em acordos de leniência com as empresas, em lei permanente.

* O Banco do Brasil SA anunciou que a participação da unidade BB Banco de Investimentos SA na Neoenergia SA será reduzida de 11,99% para 9,34% como resultado de uma fusão planejada da Elektro Holding SA na Neoenergia. A fusão está sujeita às aprovações regulatórias e dos acionistas.

* O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Paulo Rabello de Castro, declarou que o banco planeja lançar em breve um novo sistema semelhante ao Tesouro Direto, que permite que pessoas físicas comprem títulos do governo diretamente, informou o Valor Econômico.

* O Banco Central do Brasil anunciou que os termos de quaisquer acordos de leniência firmados com instituições financeiras que admitam ter efetuado ações ilícitas podem ser mantidos em sigilo se houver um risco perceptível para a estabilidade financeira, informou o Diário Comércio Indústria e Serviços. No entanto, as empresas que aceitarem esses acordos podem divulgar os detalhes a seu critério.

* O presidente do Banco do Brasil, Paulo Caffarelli, declarou que o banco não sofreu queda na demanda de crédito nas últimas semanas, apesar do aumento da incerteza política, acrescentando que uma aceleração dos desembolsos de empréstimos do banco é esperada no segundo semestre de 2017, informou a Reuters.

* A Caixa Econômica Federal está buscando o reembolso antecipado de um empréstimo de 50 milhões de reais para a Flora, uma empresa de limpeza e higiene que pertence ao grupo J&F, citando preocupações com um escândalo de corrupção que atingiu os proprietários da empresa, informou a Folha de S. Paulo.

* A janela de oportunidade do Brasil para a aprovação de uma reforma fundamental na previdência está se fechando gradualmente à medida que 2018 se aproxima, uma vez que os políticos provavelmente mudarão seu foco para as eleições presidenciais marcadas para o ano que vem, segundo Lisa Schineller, diretora da S&P Global Ratings, declarou ao Valor Econômico em uma entrevista . A nota de crédito do país depende do progresso na agenda de reformas do governo, declarou ela.

* A federação brasileira de bancos Febraban e a BM&FBOVESPA SA – Bolsa de Valores Mercadorias e Futuros começaram a testar a aplicação da tecnologia blockchain no sistema financeiro local, informou o Valor Econômico.

REGIÃO ANDINA

* O Banco Central de Reserva del Perú manteve sua taxa de juros de política monetária em 4,0%, observando que certos choques de oferta que afetaram a inflação no primeiro trimestre continuaram sendo revertidos em maio. O ritmo da expansão econômica no Peru ainda está abaixo do seu nível potencial de crescimento, mas espera-se que a atividade se recupere nos próximos trimestres devido ao aumento dos gastos do governo e ao impacto dos preços de exportação mais altos até o momento em 2017, segundo o banco central.

* O Congresso do Peru aprovou uma lei que aumenta os requisitos de capital mínimo para os fundos municipais de poupança e crédito do país e fortalece o quadro regulamentar geral do setor, informou o El Comercio.

CONE SUL

* A Fitch Ratings rebaixou as notas de crédito nacional de longo prazo da Credicorp Capital Chile e da Credicorp Capital SA Corredores de Bolsa de AA(cl) para AA-(cl). O rebaixamento segue uma ação similar no Banco de Crédito del Perú, que também pertence ao Grupo Credicorp.

* O banco central da Argentina aprovou a abertura das operações do primeiro banco totalmente digital do país até o final de 2017, informou o La Nacion. O banco, que se chama Wanap, começará operando com capital inicial equivalente a 10 milhões de dólares.

* Representantes do governo uruguaio se reunirão com investidores institucionais da Europa e dos EUA em razão de uma possível emissão de títulos globais na próxima semana, informou El País.

* O Banco Ripley do Chile entrou com um recurso de uma resolução do Ministério do Trabalho que exige que apenas 139 dos funcionários do banco trabalhem durante greves para manter um nível mínimo de serviço, informou o Pulso. O banco propôs originalmente que 400 funcionários, ou cerca de metade de sua força de trabalho total, deveriam continuar trabalhando em caso de greve.

* O presidente do banco central do Chile, Mario Marcel, convocou os credores locais a começar a adotar os padrões de Basileia III, embora a legislação geral do país para os bancos tenha sido significativamente atrasada e ainda esteja em tramitação para o Congresso, informou o Diario Financiero. Segundo Mario Marcel, a adaptação aos novos padrões quando a lei for aprovada será mas fácil se os bancos começarem a se preparar agora.

A S&P Global Inc. adquire S&P Global Ratings e S&P Global Market Intelligence.

Helen Popper contribuiu para esse artigo.

The Daily Dose tem um prazo editorial de 8:00 am horário de São Paulo, e verifica as fontes de notícias publicadas em inglês, português e espanhol. Alguns links externos podem exigir uma assinatura.